Nossas Sugestões

4 dicas para potencializar suas vendas de Natal

4 dicas para potencializar suas vendas de Natal

Por Redação Blog Gazin Atacado • 13/10/14

O fim do ano está chegando e com ele chegam também boas oportunidades para aumentar suas vendas – e, consequentemente, a alegria de líderes e vendedores (já que mais vendas trazem comissões mais gordas, bônus e presentes, claro).

Para ajudá-lo a potencializar o retorno com a principal data comemorativa do ano, o Natal, trazemos hoje o reforço de uma poderosa ferramenta de persuasão: a PNL.

PNL e sua utilidade em vendas

Você já ouviu falar em Programação Neolinguística (PNL)? Ela tem como objetivo compreender o funcionamento do cérebro de uma pessoa e conduzi-la a dar novos significados a alguns conceitos por meio de diversas técnicas.

Em vendas, a PNL pode mudar a percepção de um cliente sobre determinado produto ou serviço, despertando nele o desejo de compra. Ou seja, se bem utilizada a PNL pode lhe ajudar a vender mais.

Sabendo disso, separamos para você quatro técnicas de PNL que podem ser úteis no período que antecede o Natal. São elas:

cliente_satisfeito041. Entre em sintonia com o cliente: pergunte como seu cliente se sente em relação ao Natal, quem gostaria de presentear e o que desejaria ganhar. Mostre interesse genuíno pelas necessidades que ele apresenta, coloque-se no lugar dele e faça perguntas para conhecê-lo melhor. Essas informações lhe ajudarão a encontrar as soluções para as dores do cliente dentro da sua loja.

2. Cuide da sua imagem: você sabia que 55% da percepção que as pessoas têm de você e de qualquer outro ser vivo está relacionada à linguagem corporal e aparência? Pode parecer loucura, mas vestir uma roupa que te faz se sentir mais confiante, mudar o visual e cuidar de si mesmo ajudarão também a aumentar as suas vendas. Isso porque nem tudo o que percebemos sobre outra pessoa é consciente. Nosso inconsciente também absorve informações e envia sinais. É a chamada intuição. É ela quem faz você muitas vezes sentir que gostou de alguém (ou não gostou!) à primeira vista. Passar autoconfiança é um dos pontos mais importantes para fechar uma venda.

3. Tenha uma postura positiva: sorria, demonstre real interesse em ajudar o cliente, sem julgamentos. Mostre-se aberto, descruze os braços, relaxe seu rosto e corpo, aperte as mãos de forma firme e converse com o cliente de frente e olhando para ele. Todos esses cuidados ajudam a aumentar a confiança do cliente em você e, por consequência, a levar em consideração suas dicas.

pós-venda

4. Espelhe: observe e reproduza alguns dos movimentos do potencial cliente e algumas expressões que ele utilizar para criar empatia. Module seu tom de voz, volume e velocidade para acompanhar o do cliente. Mas cuide para fazer isso de forma espontânea, caso contrário, o cliente poderá pensar que você está caçoando dele. Por fim, encontre pontos em comum com o cliente, para que possa estimular essa sintonia.

Vale reforçar que a confiança é a base de qualquer relacionamento de longo prazo – pessoal e profissional. Por isso, não empurre produtos ou serviços para o cliente que você sabe que não serão úteis para ele, com o único objetivo de aumentar as vendas. Foque em apresentar soluções! As vendas surgirão como consequência.

Tem alguma dica sobre como persuadir seus clientes para vender mais? Deixe um comentário contando suas experiências, sugestões e dúvidas. Juntos vamos mais longe!

Sucesso e boas vendas!

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


1 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 0
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

1

comentários em "4 dicas para potencializar suas vendas de Natal"

Comentar

  1. Cleusa Aparecida Palozi Zandonadi disse:

    Boa tarde dos meus 28 anos de experiencia com vendas. Sempre que finalizo uma venda, ofereço um suco ou café.
    Dependendo da compra um brindezinho. Tipo um pano de copa, um travesseiro.
    O cliente gosta muito de brinde,mais que desconto.
    Obrigada! Cleusa.

Em destaque no Blog do Varejo