Nossas Sugestões

5 estratégias de precificação para hotelaria

5 estratégias de precificação para hotelaria

Por Redação Blog Gazin Atacado • 12/12/16

Que uma boa precificação exige cálculo sobre luz, serviço de quarto, água, entre outros itens, você já sabe. Mas além dessa planilha de custos, será que os executivos hoteleiros vêm mesmo definindo os preços de suas diárias acompanhando o mercado e as necessidades dos clientes?

Se você é um desses gestores, além de monitorar a concorrência, é importante trabalhar com fatores psicológicos na hora de definir quanto vai cobrar por seus quartos. Não sabe como fazer isso? Conheça a seguir cinco estratégias inspiradoras nesse sentido – principalmente se você precisa definir preços para pequenos hotéis e pousadas – e prepare-se para definir seus preços de maneira muito mais estratégica e eficiente.

Preço médio

precificacao-hotelaria-4Primeiro, se há um concorrente próximo oferecendo diárias mais baratas que as suas, disponibilize pelo menos uma das suas habitações por um preço similar (pode ser ligeiramente mais alto), e outras a uma tarifa normal. Além disso, fique atento ao valor médio das acomodações básicas oferecidas no mercado ao seu redor para que seu preço jamais afaste o cliente. Não esqueça, porém, de comparar estabelecimentos que tenham níveis parecidos com o seu, pois de nada adianta equivaler seus preços a de um hotel de padrão muito menor. A não ser que você queira ter prejuízo, é claro.

Essas estratégias dão a oportunidade de atrair hóspedes que buscam o menor preço e, ao mesmo tempo, oferecer mais do que a concorrência, fidelizando clientes.

Cobrar mais para atrair mais clientes

precificacao-hotelaria-5Parece um paradoxo, mas uma estratégia adotada por empresários é cobrar taxas mais elevadas (sem exagerar, claro) para conquistar mais pessoas. Como? Sendo melhor que os outros! Justifique seu preço destacando os diferenciais oferecidos em seu estabelecimento. Certamente você pode explorar algo: localização, serviços de hospedagem, café de madrugada, massagem e assim por diante.

Ao tomar essa estratégia como base, seu estabelecimento passará a ser visto como melhor que a média, ou seja, passará a ter um valor agregado que merece o investimento maior do que seria feito em um concorrente. Basta ser esperto e identificar o que distingue sua empresa da concorrência.

Promoções sazonais

precificacao-hotelaria-3Outra coisa que você pode fazer é oferecer o menor preço possível para atrair um grande volume de hóspedes em ocasiões específicas; porém, cuidado: a canibalização de preços pode jogar contra a sua marca. Portanto, faça isso em pequenos períodos, para que o mercado não veja seu estabelecimento como de baixo valor.

Uma boa forma de usar essa ideia a seu favor é aproveitando a baixa temporada para colocá-la em prática. Contudo, a divulgação deve ser ajustada a uma fatia específica do seu público-alvo, àqueles hóspedes que viajam mais frequentemente, como executivos, representantes de vendas, entre outros perfis de clientes, por exemplo, e não a toda a base.

precificacao-hotelaria-1–> Por falar em ações para atrair clientes em baixa temporada, temos aqui no blog artigos dedicados a ajudá-lo nesses momentos. Leia clicando nos links abaixo:

Eventos grandes e pequenos

precificacao-hotelaria-7Quando foi a última vez que você aproveitou um evento para realizar promoções no seu hotel ou pousada? Sempre que houver congressos, palestras, shows, jogos ou qualquer que seja a atração que aconteça na sua cidade ou região, vale a pena explorar:

  • Transporte de ida e volta para o aeroporto ou rodoviária.
  • Disponibilizar opções de deslocamento ao evento.
  • Oferta de city tour.
  • Claro, tarifas acessíveis.

Outro potencial de reservas é fazer acordos para pacotes de convidados que vão à região para casamentos, formaturas etc. Divulgue essa possibilidade trabalhando em parceria com empresas de eventos para que as reservas se multipliquem. Aproveite e ofereça também os serviços de transporte para ter um diferencial.

precificacao-hotelaria-6Leia também:

Psicologia de vendas para hotelaria

A psicologia de preços afeta diretamente o setor hoteleiro. Algumas táticas simples e comprovadas são as seguintes:

  • precificacao-hotelaria-2Explore o poder do número 9 – As pessoas leem números da esquerda para a direita e memorizam, em geral, o primeiro número. Por isso, uma taxa de 199 é melhor que uma de 200, apesar de a diferença na prática ser irrisória. Por que isso? Na cabeça das pessoas, o número 199 é mais próximo de 100 do que 200! Ademais, consumidores estão condicionados a associar preços terminando em 9 a um melhor valor médio.
  • Diferenças de valores entre quartos – Um erro comum, principalmente entre pequenos empresários, é apresentar valores muito próximos dos dormitórios Standard, Intermediários e Luxo. Isso confunde a cabeça do consumidor, pois ele pode não perceber o valor agregado ou a economia que obtém de um para outro. Uma precificação clara é capaz de representar melhor os diferenciais de cada habitação.
  • Nada de centavos e cifrões – Quando o agendamento é feito online, você deve evitar ao máximo o uso de centavos e cifrões. Por quê? Eles ocupam mais espaço de leitura e fazem com que o leitor seja obrigado a ler mais informações. Se claramente seus preços são em reais, veja como visualmente a oferta de um quarto presidencial pode ficar mais interessante:
  • R$ 1,999,00/noite
  • R$ 1,999/noite
  • $ 1,999/noite
  • 1999/noite

E aí, você usa alguma dessas estratégias para definir seus preços? Se sim, o que tem achado delas. Deixe um comentário revelando sua opinião. Ela pode ser útil para outros profissionais do setor hoteleiro.

E se tiver qualquer sugestão a acrescentar na lista, não deixe de comentar também. Juntos vamos mais longe e somos mais fortes!

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


2 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 10
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

2

comentários em "5 estratégias de precificação para hotelaria"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo