Nossas Sugestões

Amazon Go e o varejo centrado no mobile

Amazon Go e o varejo centrado no mobile

Por Redação Blog Gazin Atacado • 21/05/18

O cliente entra na loja, escolhe o que quer comprar e simplesmente vai embora com o produto, sem precisar passar no caixa. Parece coisa de outro mundo? Pois isso já é possível na Amazon Go! Lá, a leitura e o pagamento dos produtos são realizados por meio de dispositivos móveis, usando tecnologias avançadas como inteligência artificial e visão computacional. Que tal?

Curioso para saber mais? Continue a leitura deste artigo. Nele, revelaremos as principais lições que a loja física da gigante do e-commerce – que também está revolucionando o varejo físico – deixa para varejistas de todos os tamanhos e segmentos. Acompanhe!

A revolução do varejo

Amazon Go

Mas antes de falar sobre as lições da Amazon Go, é importante deixar claro o contexto das mudanças propostas por esse novo modelo de loja.

Já falamos aqui no Blog sobre as tecnologias que estão revolucionando o varejo e sobre como essas transformações podem ser percebidas na prática. Se você ainda não leu estes conteúdos, recomendamos que confira os artigos abaixo. Eles o ajudarão a entender tudo que está por trás do “novo varejo”:

O que é como funciona a Amazon Go

Amazon Go

A Amazon Go é um minimercado físico da Amazon. Para comprar lá, você pode até esquecer a carteira, mas obrigatoriamente precisa ter o celular em mãos. Afinal, todo o processo de compra nesta loja é feito com base no aplicativo da Amazon.

Funciona assim:

  • Para entrar na loja, o cliente passa por uma espécie de catraca eletrônica. Ela é aberta através de um comando enviado pelo app da Amazon.
  • A partir daí, o cliente pode selecionar o que quiser e colocar em sua sacola.
  • A loja possui centenas de câmeras que fazem a leitura e o reconhecimento dos produtos retirados das prateleiras.
  • Assim que um cliente tira um produto da gôndola, as câmeras identificam o item e o sistema o adiciona ao carrinho virtual dentro do aplicativo.
  • Se o cliente mudar de ideia e colocar o produto novamente na prateleira, o item automaticamente é retirado do carrinho virtual.
  • Na hora de sair, basta passar pela catraca novamente e a compra é registrada. Não é necessário ir ao caixa, nem fazer novamente a leitura de cada produto.
  • Depois que o cliente sai, o sistema automaticamente debita do cartão de crédito cadastrado no aplicativo o valor dos produtos adicionados no carrinho.

Bacana, não?

Lições da Amazon Go para varejistas de todos os tamanho e segmentos

As inovações promovidas pela Amazon Go trazem lições importantes e indicam tendências que devem se fortalecer nos próximos anos. A seguir, propomos algumas reflexões nesse sentido. Acompanhe!

A crescente relevância do mobile no processo de compra

amazon go

Todo o sistema da Amazon Go não seria possível sem os avanços tecnológicos em torno dos dispositivos móveis. Afinal, os smartphones exercem hoje um papel crucial no processo de compra no varejo. Além de serem um canal de compra, esses aparelhos são uma plataforma de informação e relacionamento entre consumidores e marcas.

Fica cada vez mais claro que, para atender às expectativas dos consumidores atuais, os varejistas precisam incluir os dispositivos móveis em seus processos de vendas e de comunicação com os clientes.

Leia também!

Informações dos clientes em tempo real

amazon go

Um fator interessante sobre o processo da Amazon Go, e que serve de lição para todos os lojistas, é o feedback em tempo real e as informações sobre os clientes que o aplicativo oferece à Amazon.

A empresa tem utilizado o feedback dos clientes para reabastecer a loja e modificar os produtos de acordo com as preferências indicadas pelos consumidores. Muito clientes veganos, por exemplo, reclamaram que a salada vinha com queijo. Sabendo disso, a Amazon passou a oferecer a salada com queijo separado.

Além do retorno em tempo real, a Amazon conhece a fundo o comportamento e as preferências de cada cliente porque todas as compras e as movimentações dos clientes ficarem registradas no aplicativo. Essas informações são valiosíssimas para que a empresa personalize a experiência dos consumidores tanto na Amazon Go, como no site.

Leia também!

O “empurrãozinho” da Amazon no varejo

amazon go

O site da Amazon revolucionou o mercado de e-commerce ao oferecer entregas rápidas e preços acessíveis. As inovações da empresa “obrigaram” outras lojas virtuais a se transformarem e também oferecerem processos baseados nas necessidades dos consumidores.

O mesmo parece estar acontecendo com o varejo físico. As inovações propostas pela Amazon Go mostram aos varejistas como a experiência de compra na loja física pode funcionar com o apoio da tecnologia.

Ainda não se sabe como a Amazon vai impactar o varejo físico, mas as inovações propostas pela Amazon Go certamente apontam para um futuro mais centrado na tecnologia como base para experiências de compras mais fáceis e personalizadas.

Leia também!

O apoio humano ainda é necessário

amazon go

Mas nem tudo é máquina na Amazon Go!

Diversos profissionais trabalham no estabelecimento para ajudar os clientes ao longo da jornada de compra. Esses colaboradores resolvem problemas técnicos no app, reabastecem as prateleiras, tiram dúvidas, preparam sanduíches na área de alimentação e assim por diante.

Esse modelo mostra que os profissionais que trabalham no varejo físico devem estar cada vez mais preocupados em oferecer um atendimento especializado e com viés de consultoria, e cada vez menos em executar tarefas que podem ser automatizadas.

Leia também!

“O que minha loja tem a ver com isso?”

Se você está se fazendo essa pergunta, saiba que, mesmo que a Amazon Go seja apenas uma loja lá nos Estados Unidos, as possíveis transformações que esse modelo de estabelecimento aponta podem impactar também o relacionamento da sua marca com os clientes em um futuro próximo.

amazon go

As principais transformações de mercado começam com um movimento inovador como o proposto pela Amazon Go.

Quando uma empresa mostra o que é possível ser feito e ser mudado em um determinado setor com a ajuda da tecnologia, os consumidores passam a ter essa mesma expectativa em relação a todas as suas experiências de compras.

Na prática!

  • A entrega expressa (no mesmo dia ou no dia seguinte) para os clientes premium da Amazon foi uma revolução no e-commerce. Com isso, a empresa mostrou que era possível fazer entregas rápidas no varejo online.  Como consequência, os consumidores passaram a esperar que todas as lojas na web também oferecessem essa facilidade. Hoje, a velocidade da entrega tem um grande peso na decisão de compra dos clientes na internet.

Então, pode ser que demore muito para que uma loja como a Amazon Go apareça aqui no Brasil. E também pode ser que isso demore para chegar ao seu segmento. Mas uma coisa é certa: seus clientes ficarão sabendo sobre a Amazon Go e eles ficarão empolgados com a possibilidade de ter uma experiência de compra como essa.

O que sua loja pode fazer, hoje, em relação a isso?

Você deve continuar acompanhando essas tendências e buscar entender as principais movimentações do mercado. Assim, sua empresa estará mais preparada para acompanhar as mudanças e se adaptar às expectativas dos consumidores.

amazon go

Pode contar com a Gazin para isso!

  • Assine nossa newsletter (preenchendo o quadro azul abaixo) e se inscreva em nosso canal no YouTube (aqui) para ficar por dentro das principais informações e dicas sobre o varejo da atualidade e do futuro.

Participe da maior pesquisa sobre tendências no varejo brasileiro

ideias de ações criativas para hotelaria

Muitas vezes, tendências globais podem parecer distantes da realidade do pequeno e médio varejista brasileiro.

A primeira pesquisa do Data Varejo – Instituto de Pesquisa da Gazin Atacado – tem justamente o objetivo de entender melhor como os lojistas no Brasil percebem essas movimentações internacionais.

Participe e nos ajude a construir o maior levantamento sobre tendências no varejo brasileiro já feito no país! http://bit.ly/datavarejo

Sucesso!

Imagens: Divulgação; Bigstock; Freepik, Seattle Pi

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


2 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 4
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

2

comentários em "Amazon Go e o varejo centrado no mobile"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo