Nossas Sugestões

9 dicas para aplicar uma dinâmica de grupo eficaz

9 dicas para aplicar uma dinâmica de grupo eficaz

Por Redação Blog Gazin Atacado • 10/10/18

Uma das melhores formas de identificar e destacar competências e características dos participantes de um processo de seleção ou até mesmo dos profissionais da sua equipe é promovendo uma dinâmica de grupo. Afinal, com a ajuda desse tipo de atividade, é possível:

– Conhecer melhor os membros de uma equipe.
– Aprimorar a integração dos profissionais de uma empresa.
– Capacitar os colaboradores.
– Identificar os melhores candidatos em um processo de recrutamento.
– E assim por diante.

Saiba mais! 
8 grandes benefícios das dinâmicas de grupo na gestão de pessoas

dinâmica de grupo

No entanto, esses benefícios não “caem do céu”. Para que uma dinâmica de grupo seja realmente eficaz, você precisa saber como aplicá-la.

E é sobre isso que falamos a seguir!

Siga a leitura deste artigo, convença-se a colocar em prática as dicas que apresentamos abaixo e aumente as chances de atingir os resultados esperados com a aplicação de uma dinâmica de grupo.

9 dicas para aplicar uma dinâmica de grupo eficaz     

1 – Identifique os objetivos a serem alcançados

dinâmica de grupo

O primeiro passo para garantir que uma dinâmica de grupo seja verdadeiramente eficaz é definir os objetivos que você deseja alcançar com ela.

Você pode querer, por exemplo:

— Identificar o nível de determinadas habilidades dos profissionais/candidatos.
— Descobrir quais são os profissionais com perfil de liderança.
— Identificar os candidatos mais alinhados a uma vaga.
— Mostrar a importância de determinada habilidade para a performance do profissional.

2 – Liste as características e comportamentos a serem identificados

dinâmica de grupo

Após definir os objetivos a serem alcançados, você deve determinar quais são as características e comportamentos que precisa identificar durante o desenvolvimento da dinâmica.

Digamos que seu objetivo seja selecionar um vendedor para sua equipe. Neste caso, você deve observar as competências que considera importantes para o cargo, prestando atenção às ações do candidato que demonstram, por exemplo:

— Habilidade de negociação.
— Boa comunicação.
— Bons argumentos de venda.
— Etc.

3 – Escolha o melhor tipo de dinâmica de grupo

dinâmica de grupo

Agora que você já sabe o que espera alcançar com esse exercício e quais são as habilidades que está tentando identificar, ficará muito mais fácil escolher a dinâmica de grupo ideal. Selecione a atividade que ajude a identificar as questões que está querendo analisar.

Não sabe por onde começar? Nós podemos ajudá-lo!

Confira nosso e-book que traz 18 dinâmicas de grupo para varejo.

benefícios das dinâmicas de grupoNeste guia, você conhecerá exercícios para:

— Selecionar os melhores candidatos.
— Integrar os profissionais da sua loja.
— Melhorar a comunicação entre a equipe.
— Aprimorar o atendimento na loja.
— Treinar e desenvolver a equipe de vendas.

CLIQUE AQUI e baixe gratuitamente este material.

4 – Separe os recursos e a equipe necessários

dinâmica de grupo

Analise os exercícios e as atividades propostos pela dinâmica de grupo que você escolheu e liste todos os recursos necessários para a realização deles.

Aqui, não estamos apenas falando de materiais como papel e caneta, mas também recursos humanos. Ou seja, os facilitadores que ajudarão a aplicar a ação e analisar os profissionais.

Nesse sentido, é importante avaliar:

Número de participantes. Se for um grupo muito grande, sozinho, você não conseguirá analisar com eficiência o desempenho de todos os envolvidos.

Atividades do exercício. Muitas dinâmicas propõem atividades que envolvem a contagem de tempo e o controle de regras. É impossível fazer tudo isso sozinho e ainda prestar atenção no comportamento dos participantes!

Habilidades a serem identificadas e analisadas. É interessante contar com o apoio de profissionais da área em questão, para ter uma visão mais especializada sobre as capacidades dos participantes. O gestor ou gerente de vendas está mais apto a identificar competências comerciais, por exemplo.

Diversidade de pontos de vista. Da mesma forma, contar com facilitadores de diferentes áreas pode ser interessante porque cada um pode ajudar a identificar habilidades específicas, mais alinhadas à sua área de atuação.

5 – Procure alinhar as dinâmicas com o dia a dia do trabalho

dinâmica de grupo

Para aumentar a eficácia da dinâmica de grupo, é interessante alinhar as atividades propostas com a realidade da sua empresa. Assim, os profissionais estarão vivenciando na prática o dia a dia de trabalho. Isso, por sua vez, ajudará a expor o real comportamento deles.

Caso a dinâmica não esteja diretamente ligada à sua área, sempre que possível, faça ajustes nesse sentido.

Se, por exemplo, o exercício pede para o participante vender uma caneta, mas sua loja vende eletrônicos, substitua a caneta por um celular. Dessa forma, você dará a chance de o profissional trabalhar com uma situação real.

6 – Dê uma explicação clara sobre a dinâmica

dinâmica de grupo

Um dos grandes erros na aplicação de dinâmicas de grupo é negligenciar a importância das orientações no início das atividades.

Se um participante não ouviu muito bem o que o facilitador estava falando ou não entendeu determinada questão, é provável que ele seja prejudicado.

Se for uma seleção, por exemplo, a empresa pode perder a oportunidade de contratar o profissional ideal simplesmente por conta de uma falha na comunicação.

Por isso, antes de começar, explique o passo a passo daquela dinâmica de grupo, indique quais materiais serão utilizados e pergunte se todos entenderam como funciona o exercício.

7 – Faça anotações durante o desenvolvimento da dinâmica de grupo

dinâmica de grupo

Não confie apenas na sua memória para avaliar o comportamento dos profissionais durante o desenvolvimento da dinâmica de grupo. Faça anotações ao longo do exercício para ajudá-lo a realizar a análise com mais calma e precisão.

Uma ideia interessante nesse sentido é criar um esquema de pontuação. Para isso, você pode listar os candidatos e as habilidades que busca analisar e, ao lado, indicar a nota de cada um nas respectivas competências.

8 – Analise além dos resultados

dinâmica de grupo

É comum que dinâmicas de grupo envolvam jogos e competições. Mas é importante entender que o objetivo não deve ser separar vencedores de perdedores. Mais do que o resultado em si, você deve analisar o comportamento dos participantes durante o desenvolvimento das atividades.

Pode ser que o grupo “vencedor” tenha profissionais mais desinibidos e competitivos, por exemplo. Porém, se essas não forem as características que você busca identificar, a vitória deles torna-se irrelevante.

E, ainda, o fato de os profissionais perderem o jogo pode revelar muito mais sobre eles, indicando questões como: Como eles se comportam diante da derrota? Eles aprendem com o erro? Eles culpam alguém ou assumem a responsabilidade?

9 – Dê um feedback sobre o processo

dinâmica de grupo

Nada pior para um profissional do que participar de uma dinâmica de grupo e não receber nenhum retorno sobre sua atuação. Isso pode gerar frustração e a percepção de que o exercício foi em vão.

Por isso, seja em uma seleção de candidatos, ou na capacitação dos profissionais da loja, sempre elabore um processo de feedback – que pode ser individual e/ou coletivo.

E aí, pronto para desenvolver e aplicar dinâmicas de grupo verdadeiramente eficazes?

Leia também:

6 dicas para potencializar os treinamentos de vendas no varejo
Vídeo: Treinar a equipe é caro. Verdade ou mito?
4 estratégias para que a equipe pratique o que aprendeu no treinamento

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 2
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "9 dicas para aplicar uma dinâmica de grupo eficaz"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo