Nossas Sugestões

Como escolher um CRM para sua loja

Como escolher um CRM para sua loja

Por Redação Blog Gazin Atacado • 23/05/16

Você já sabe que o CRM tem o poder de fortalecer o relacionamento da sua loja com seus consumidores e também de ajudar a identificar grandes oportunidades de aumentar suas vendas, certo?

(Se ainda não sabe como o CRM pode ajudar sua loja, CLIQUE AQUI e leia o artigo em que explicamos por que é importante apostar nessa ferramenta).

Mas não basta entender a importância do CRM, é preciso também saber como escolher a plataforma certa para as necessidades do seu negócio. Para ajudá-lo nesse processo, apresentamos, a seguir, os cinco fatores-chave para selecionar o CRM ideal para sua loja:

1) Preço: qual é o custo-benefício incluso no valor?

escolher CRM (3)O preço é, sim, um fator fundamental na escolha do seu CRM. No entanto, é preciso ir além do valor geral e verificar o custo total da ferramenta. Não adianta, por exemplo, pagar barato na mensalidade, mas ter que investir a mais em qualquer mudança ou manutenção que fizer.

Avalie:

  • Quais serviços estão inclusos no valor cobrado mensalmente?
  • No longo prazo, qual ferramenta oferece mais benefícios em relação ao preço cobrado?
  • A manutenção e as customizações estão incluídas ou serão pagas à parte?
  • Há algum benefício extra, como treinamentos e atualização gratuita, por exemplo?

2) Funcionalidades: o quão pronta a ferramenta já é?

escolher CRM (4)É fundamental também analisar se a ferramenta está pronta para ser utilizada em sua loja. Ou seja, se as funcionalidades que ela oferece estão alinhadas às suas necessidades. Quanto mais aplicações a plataforma já tiver que estejam de acordo com o que você busca, mais rápido você poderá começar a usar o CRM no dia a dia, sem precisar esperar por adaptações.

Avalie:

  • Como as funcionalidades podem ajudar no seu processo de vendas?
  • O que faltaria para deixar a ferramenta completa para as necessidades de sua loja?
  • Em quanto tempo sua loja já poderia começar a utilizar o sistema?
  • Qual é a plataforma que mais se encaixa no perfil de vendas de sua empresa?

3) Flexibilidade: qual é o nível de customização da plataforma?

escolher CRM (5)Por outro lado, apesar de ser importante ter uma ferramenta que já ofereça o que sua loja precisa, é fundamental também que o CRM tenha um determinado nível de customização. Imagine que algum ponto do seu processo de vendas mude, por exemplo. É preciso que a plataforma tenha a possibilidade de acompanhar as evoluções de seu negócio.

Avalie:

  • O quão fácil é para realizar a customização da ferramenta?
  • Os próprios funcionários podem realizar as mudanças ou será preciso contratar alguém?
  • Essa customização tem custo extra? Se sim, de quanto?
  • Qual é o limite de personalização da ferramenta?

4) Facilidade de uso: a linguagem e os processos são compatíveis com o seu negócio?

escolher CRM (6)É sempre possível realizar treinamento para preparar a equipe para utilizar o CRM. Porém, é essencial que a linguagem utilizada e os processos estejam de acordo com o que é utilizado em sua loja – ou que seja possível adaptar para sua realidade. Não adianta, por exemplo, querer incluir uma etapa a mais (ou eliminar uma etapa) do processo de vendas para seguir o CRM – é o contrário que deve acontecer, a ferramenta deve seguir o seu processo.

Avalie:

  • Qual é o idioma utilizado? (Se seus vendedores não falam inglês, uma ferramenta que não ofereça textos em português deve ser descartada)
  • A quais etapas de vendas a ferramenta atende?
  • E a quais ela não atende?
  • É possível adaptar os processos do CRM para o que é realizado na sua loja?

5) Implantação: qual é o tempo e o processo de implantação?

escolher CRM (7)Existem empresas que contratam um fornecedor de CRM e ficam cerca de um ano apenas no processo de implantação da ferramenta. Você não vai querer isso, certo? Por essa razão, esse é um ponto essencial na escolha da melhor ferramenta de gestão de clientes para sua loja.

Avalie:

  • Qual é o tempo previsto (em contrato) para a implantação da ferramenta?
  • Quais são os passos dessa implementação?
  • Há um custo extra para a implantação?
  • Quem serão os responsáveis por essa implantação?

Tipos de software

Existe ainda uma decisão importante a ser feita na escolha do seu CRM, referente ao tipo de software, que pode ser local ou on-line (na nuvem). Entenda mais sobre esses dois tipos e avalie qual é a melhor opção para o que você busca.

Software local

Os softwares locais (ou sistemas desktop) são instalados dentro de computadores específicos na empresa. Nesse modelo, a companhia compra uma licença de uso e tem direito a usufruir dos serviços por tempo indeterminado (ou determinado de acordo com algum contrato).

escolher CRM (2)

Vantagens do sistema desktop:

  • Maior privacidade, pois os dados são armazenados internamente.
  • Mais barato, pois depois de pagar a licença de uso, a empresa não precisa mais pagar mensalidade (como acontece em sistemas on-line).
  • Não há dependência de internet para ter acesso às informações.
  • Há a possibilidade de restringir para que o CRM seja acessado apenas internamente na empresa.

Desvantagens do sistema desktop:

  • Como o software é instalado internamente, a empresa precisa investir numa infraestrutura tecnológica para receber o sistema.
  • Caso o computador em que o software está instalado dê um problema, a empresa perde esse ponto de acesso – e pode também perder informações.
  • Tanto a implantação quanto a atualização do software exigem um trabalho feito por profissionais específicos, e devem ser realizadas de maneira local. Isso demanda tempo e gastos extras.
  • Caso o gestor precise acessar alguma informação de fora da loja, ele não conseguirá, pois o acesso só pode ser feito internamente.

Software na nuvem

Os softwares na nuvem (ou sistemas on-line) são aqueles que funcionam por meio de uma página na web. Nesse caso, as empresas não precisam instalar um acesso dentro dos computadores da companhia, e podem acessar o sistema por qualquer dispositivo que tenha conexão internet.

escolher CRM (1)

Vantagens do sistema online:

  • Permite maior liberdade e mobilidade – você pode acessar tanto dentro da empresa, como fora, quando estiver em viagens, por exemplo.
  • Maior estabilidade, pois como os dados ficam armazenados na web, caso o computador da empresa tenha algum problema, isso não afetará as informações dos clientes.
  • A empresa terá maior capacidade de armazenamento, já que a web pode armazenar muito mais dados do que um computador.
  • A atualização do sistema também é facilitada, pois ela pode ser feita remotamente, de modo on-line.
  • A implantação também é mais rápida, pois é igualmente feita de maneira online, dando mais liberdade, tempo e autonomia para o gestor.

Desvantagens do sistema online:

  • Como tudo é feito de maneira on-line, há uma grande dependência da internet. Caso a rede da loja tenha algum problema, isso prejudica o acesso ao sistema.
  • Os dados da empresa ficam armazenados on-line. Por isso, há certo risco de acesso não autorizado às informações.
  • De certa forma, é mais caro, porque, ao invés de comprar a licença de uso, a empresa pagará por uma mensalidade fixa enquanto estiver usando o software.
  • Como tudo é feito de maneira remota, por terceiros, a empresa tem menos controle sobre as funcionalidades do software.

Dicas finais:

o-que-é-CRM-5Os pontos apontados acima são considerações gerais. Verifique qual é o tipo de software que mais atende às suas necessidades e converse com o seu fornecedor sobre as possíveis desvantagens e vulnerabilidades do sistema em questão. Pode ser que exista um software na nuvem com grande segurança de dados, tal como um software instalado que permita o acesso remoto. Cada caso é um caso e a tecnologia evolui a cada dia para atender às necessidades das empresas.

conversation É interessante também conversar com clientes dos fornecedores de software que você esteja analisando. Converse com gestores de lojas que também usam o sistema para verificar como a ferramenta atende às necessidades do setor. Isso também vai ajudar a entender como é o atendimento da empresa fornecedora no longo prazo – afinal, muitas empresas oferecem mundos e fundos para vender, mas não cumprem as promessas depois de o negócio estar fechado.

Esperamos que essas dicas possam ser úteis em sua busca pelo CRM perfeito para sua loja. Caso tenha mais alguma dúvida, deixe um comentário aqui embaixo.

Imagens: Freepik e Iconfinder

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 9
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Como escolher um CRM para sua loja"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo