Nossas Sugestões

Como o neuromarketing pode ajudar sua loja a vender mais

Como o neuromarketing pode ajudar sua loja a vender mais

Por Redação Blog Gazin Atacado • 11/08/15

academiaVocê já ouviu falar em Neuromarketing? Não? Pois saiba que este conceito está mais presente no dia a dia de sua loja do que imagina. 

Tanto é que no curso de Formação de Líderes, da Academia do Varejo, existe um módulo dedicado somente a este assunto. Nas vídeo-aulas sobre o tema, o especialista em psicologia e vendas Ricardo Ventura ensina como usar o Neuromarketing para melhorar os resultados de sua loja.

Segundo Ventura, o Marketing em si faz a comunicação dos itens conhecidos como “os quatro Ps” – produto, preço, praça e promoção, mas existe um outro tipo de comunicação que atua de forma muito mais persuasiva, e que não é notado de forma consciente, atuando de forma inconsciente e subjetiva. Esse é o chamado Neuromarketing. “O Marketing que comunica-se com o inconsciente de seus consumidores”, explica.

neuromarketing nas vendas01

O Neuromarketing estuda o comportamento dos consumidores para entender como eles decidem comprar ou não alguma coisa, tentando entender os desejos, impulsos e motivações das pessoas através do estudo das reações neurológicas a determinados estímulos externos. 

Criando o mapa do mundo 

Você sabe o que é um mapa?”, questiona Ventura. O especialista frisa que, para entender como o Neuromarketing atua, é necessário entender o que é um “mapa psicológico”.

Na geografia, um mapa é uma representação de uma determinada região. Na psicologia, um mapa é a representação da realidade, é a forma como cada pessoa reage e interpreta a realidade à sua volta. 

Tá achando tudo isso muito complicado? Calma, você já vai entender melhor como funciona.

NA PRÁTICA:

Quando um cliente entra em sua loja, por exemplo, ele faz uma leitura do que ele vê e sente  nela e, a partir daí, constrói uma imagem sobre sua marca na cabeça dele. O Neuromarketing atua justamente de forma a tentar moldar essa percepção inconsciente que o cliente fará de sua loja. 

neuromarketing nas vendas02Ventura frisa que cada consumidor interpreta o seu produto, a comunicação de sua loja e a forma como o vendedor fala de maneiras diferentes. Cada pessoa traz uma bagagem de lembranças e conceitos que influencia diretamente a maneira como ele enxerga o mundo.

Por isso, o especialista afirma que “para cada cliente é necessário ter uma venda diferente, pois cada um deles tem percepções diferentes”. 

O especialista aponta também que, além de percepções diferentes, cada pessoa tem um filtro diferente, que acaba influenciando a forma como ela enxerga as coisas. Mas isso é tema para um outro post, ok?

No próximo artigo sobre Neuromarketing, falaremos sobre esses filtros e sobre como quebrar essas barreiras que podem afastar os clientes de sua loja.

Ficou interessado no tema? Quer aprender mais sobre ele? Então inscreva-se na Academia do Varejo e assista gratuitamente a essas e todas as outras aulas do curso de Formação de Líderes. Clique aqui e saiba mais.

Imagens: freepik e PhotoDune 

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


1 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 0
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

1

comentários em "Como o neuromarketing pode ajudar sua loja a vender mais"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo