Nossas Sugestões

Cultura interna como marca, uma das tendências do futuro do varejo que sua loja precisa acompanhar

Cultura interna como marca, uma das tendências do futuro do varejo que sua loja precisa acompanhar

Por Redação Blog Gazin Atacado • 9/07/18

Cultura interna como marca. Essa é uma das tendências do futuro do varejo. O que isso significa, na prática? Que os consumidores irão, cada vez mais, preferir fazer negócios com empresas focadas:

  • No bem-estar e no desenvolvimento dos colaboradores delas;
  • Que tenham valores alinhados aos que eles defendem.

Essa tendência está intimamente ligada com a crescente demanda dos clientes por transparência nas organizações. 

Falamos sobre tudo isso a seguir. Acompanhe!

O futuro do varejo

Em nossa série sobre o futuro do varejo, já abordamos as seguintes tendências que estão moldando o comportamento dos consumidores:

1) Ponto de venda mágico. Promover experiências de compra marcantes, onde quer que o cliente esteja.

2) Deep retail. Quando as lojas conhecem os clientes melhor do que eles mesmos.

Este conteúdo está sendo desenvolvido com base em um relatório da TrendWatching, uma das principais empresas de análise de tendências do mundo.

Hoje, você vai entender a terceira movimentação que impulsionará mudanças no comportamento dos consumidores. Estamos falando da cultura interna como marca.

Vamos lá?

Cultura interna como marca

cultura interna

Anualmente, a TrendWatching lança um relatório com as tendências que devem impulsionar transformações na interação entre marcas e seus públicos em diferentes segmentos. Entre as principais movimentações apontadas no último levantamento está a tendência Glass Box (“Caixa de vidro”).

Essa tendência aponta que, em um mundo tão conectado como o atual, o que acontece dentro de uma empresa não fica restrito somente a ela. Os consumidores estão o tempo todo observando os valores, as ações e os relacionamentos das marcas. Mais do que isso, estão tomando decisões baseadas nessas questões!

cultura interna

No varejo, o fato de a cultura interna se tornar a marca das empresas tem relação direta com a tendência Glass Box. Afinal, a forma como sua empresa trata os funcionários e se relaciona com sua comunidade influenciará a imagem da marca.

Nesse sentido, pode ser um fator competitivo importante para destacar sua marca perante os consumidores cada vez mais vigilantes se preocupar em construir uma cultura forte que:

  • Ajude os seus profissionais a se desenvolverem;
  • Traga mais bem-estar aos funcionários;
  • Apoie a comunidade onde atua.

Exemplo de cultura interna como marca:

Jeito Gazin

cultura interna

A Gazin é considerada a quinta melhor empresa para se trabalhar no Brasil e a primeira no segmento de varejo no ranking Great Place to Work. Tudo isso graças a uma cultura interna forte, focada no desenvolvimento dos profissionais e na interação dos colaboradores com a comunidade.

Além de estar sempre promovendo ações que ajudam os profissionais a aprenderem mais sobre o mercado e sobre os clientes, a Gazin também realiza programas de integração interna e externa com as comunidades com as quais está envolvida.

A plataforma Jeito Gazin é um dos principais canais por onde a empresa se comunica com os colaboradores, mantendo-os informados e atualizados. Além disso, nela são divulgadas as ações institucionais da organização.

Saiba mais

www.grupogazin.com.br/cultura  |  www.facebook.com/jeitogazin/

Como fazer da cultura interna a sua marca

cultura interna

Os consumidores estão cada vez mais conscientes sobre os impactos causados pelas empresas no ambiente, nas comunidades em que elas atuam e também na vida das pessoas envolvidas no negócio. 

Nesse cenário, ter uma cultura forte, voltada ao desenvolvimento dos colaboradores e da sua região, fará a sua marca se destacar e conquistar a confiança dos clientes. 

Algumas dicas importantes nesse sentido:

  • Antes de tudo, determine quais são os valores mais importantes para sua loja. Eles devem ser a base para guiar todas as ações (internas e externas) da sua empresa.
  • Além disso, estabeleça a missão, os objetivos e políticas internas e externas da loja. Esses fatores formam a base de uma cultura organizacional forte.
  • Para que a cultura organizacional gere resultados positivos – e também se reflita para o cliente – é importante que todos os profissionais absorvam essa cultura, aplicando os valores e a missão da loja no dia a dia de trabalho.
  • Desenvolva programas de capacitação para os funcionários manterem-se atualizados e informados quanto às melhores técnicas relacionadas às funções que desempenham.
  • Pense em maneiras de ajudar os colaboradores a se realizarem pessoalmente. Você pode fazer isso por meio de um benefício extra, um bônus ou com uma ajuda para eles adquirirem mais conhecimento, por exemplo.
  • Reflita sobre formas de ajudar a comunidade onde sua empresa está envolvida. É possível fazer isso ajudando em algum projeto sustentável ou na manutenção do bairro, por exemplo.
  • Por fim, para fazer da cultura interna a marca da sua empresa, é importante ser transparente e comunicar suas ações internas para o seu público externo, ressaltando os valores defendidos pela empresa.

Artigos que ajudarão a transformar sua cultura interna na marca registrada da sua loja:

Então, será que a cultura da sua empresa está trabalhando a favor ou contra a reputação da sua loja?

Se você acredita que há algo em sua cultura interna que poderia prejudicar o relacionamento com o cliente, é bom começar a trabalhar essa questão.

cultura interna

Lembre-se: estamos vivendo na era da “caixa de vidro”.

O que acontece dentro da organização já não fica restrito ao ambiente interno.

Por meio de alguns cliques, as verdades (boas e ruins) sobre qualquer empresa podem ser expostas para o mundo inteiro.

Isso pode parecer assustador, mas pense que sua cultura pode se tornar um diferencial importante para sua loja!

Sabendo que o consumidor atual quer transparência das organizações e que irá escolher se relacionar com as marcas mais alinhadas aos seus valores, sua empresa pode se posicionar para atender essa demanda específica dos clientes.

Pronto para agir?

Bom trabalho e boas vendas!

Clique na imagem para participar da pesquisa que vai ajudar na construção de sua loja no futuro.

Imagens: Freepik; Bigstock

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 3
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Cultura interna como marca, uma das tendências do futuro do varejo que sua loja precisa acompanhar"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo