Nossas Sugestões

Os desafios do varejo para os próximos anos

Os desafios do varejo para os próximos anos

Por Redação Blog Gazin Atacado • 16/07/18

O varejo está em constante evolução, especialmente por conta das novidades tecnológicas que chegam para auxiliar as vendas e o relacionamento com o cliente. Diante de tantas mudanças, é impossível não se perguntar: quais serão os principais desafios do varejo nos próximos anos?

Para responder esta e outras perguntas, conversamos com dois especialistas na área: Fabíola Paes e Leandro Branquinho. Em entrevista exclusiva ao Blog do Varejo, eles falam sobre:

  • Expectativas para o futuro do varejo;
  • Dificuldades a serem superadas;
  • O segredo para se destacar no setor;
  • E muito mais.

Continue a leitura e confira considerações que com certeza podem ajudar a garantir o sucesso do seu negócio.

desafios do varejoFabíola Paes é especialista em varejo, responsável pelo laboratório e ecossistema de startups do varejo no OasisLab e uma das co-fundadoras da startup de tecnologia Neomode.

Para ela, um dos principais desafios do varejo para os próximos anos será enfrentar as barreiras para evoluir dentro do processo de relacionamento e experiência entre consumidor e marca.  O problema, porém, é que, como ela diz, nem sempre o novo é bem aceito.“Por isso, é interessante despir-se de preconceitos e investir em conhecimento. Ou seja, o primeiro passo é estar aberto ao novo”, afirma.

Veja também!

A Fabíola já havia concedido uma entrevista para o Blog do Varejo anteriormente. Para assistir ao vídeo em que ela fala sobre como oferecer uma experiência de compra única em multicanais, clique aqui.

Os desafios do varejo e o universo digital

Adaptar-se ao mundo cada vez mais digital e conectado também é um dos desafios do varejo, na opinião de Fabíola.

Ela aponta que se você ainda não se rendeu ao mundo digital, precisa entender que a presença da sua marca na internet é muito importante, e essa tendência vai se fortalecer nos próximos anos. Ela explica por quê. “O jeito de fazer compras vem mudando. Isso, por sua vez, obriga as empresas a se reinventarem. Se antes os grandes investimentos eram feitos nas lojas tradicionais de ruas ou shoppings, hoje é preciso disponibilizar também todo o acervo dos produtos e serviços na palma da mão.”

Mas mais do que apenas disponibilizar os produtos, também é necessário buscar soluções tecnológicas que facilitem a vida do cliente, permitindo que ele pesquise preços e produtos, faça comparações, compre com segurança e tenha uma entrega rápida.

Aliás, por falar em entrega/retirada dos produtos, este também é um dos desafios do varejo destacados por Fabíola.

A especialista lembra que já existem tecnologias que permitem que o cliente efetue a compra e retire o produto na loja desejada em até 2 horas, por exemplo, reduzindo o tempo de espera e os gastos com frete ou transportadora. Para isso, são utilizados serviços de geolocalização e visibilidade em tempo real do estoque na loja mais próxima.

Com isso em mente, esta é uma boa hora para refletir sobre seus processos de entrega e retirada oferecidos em sua loja. Nosso guia gratuito Multicanal para pequenos varejistas pode ajudá-lo nessa missão. Clique aqui para baixar.

Leia também!

Por fim, a especialista destaca que a tendência para o futuro é que, cada vez mais, o consumidor:

  • Realize jornadas de compra mais complexas.
  • Utilize diversos canais.
  • Se torne mais exigente na expectativa de atendimento pelos varejistas.
  • Busque serviços personalizados e de entrega rápida, além de adequação das ofertas às suas preferências específicas.

Sua loja está preparada para encarar esses desafios do varejo?

Fazer o básico bem feito também é um dos desafios do varejo!

Para Leandro Branquinho, o maior desafio continua sendo “fazer o básico bem feito”.

Em 2016, ele, que é palestrante e especialista em vendas, percorreu o Brasil em uma expedição cujo objetivo era encontrar os melhores vendedores do país. “Encontrei histórias incríveis, mas também muitas empresas do ramo do varejo que não fazem o mínimo que se espera delas”:

  • Um bom atendimento, que é essencial e faz toda a diferença.
  • Estar atualizado com as novidades e ferramentas tecnológicas.
  • Treinamento constante sobre produtos e também sobre técnicas de atendimento e vendas.

Fabíola completa o debate dizendo que o que as organizações precisam de uma real sintonia entre objetivo e prática. Isso significa que, além dos investimentos em tecnologia/inovação, é preciso observar a operação dentro e fora da loja e centralizar o consumidor diante todas essas ações.

“Atualmente existem no Brasil diversas startups que podem ajudar nesse processo. Por outro lado, já existem muitos varejos implementando os labs (laboratórios de inovação) dentro da própria infraestrutura empresarial. Com essa proximidade, fica mais simples e rápido expandir e colocar em prática todas as ideias de sucesso”, conclui.

Na prática

Quer se preparar para encarar os desafios do varejo? Tome nota de algumas dicas práticas!

  1. Esteja aberto às inovações e tendências do novo varejo.
  2. Conheça e compreenda o universo omnichannel.
  3. Invista em soluções tecnológicas que permitam a integração de canais de venda de acordo com o modelo de negócios do segmento.
  4. Remodele suas estratégias comerciais e de marketing.
  5. Treine sua equipe, a fim de que todos vejam a tecnologia como uma aliada e ferramenta essencial para o crescimento das vendas e o engajamento do consumidor.

Em tudo isso, o Blog do Varejo pode ser seu aliado. Navegue pela nossa página inicial e descubra conteúdos que podem ajudá-lo a superar todos os desafios do varejo e conquistar resultados cada vez melhores.

Sucesso e boas vendas!

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


4 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 8
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

4

comentários em "Os desafios do varejo para os próximos anos"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo