Nossas Sugestões

10 erros de merchandising que prejudicam suas vendas

10 erros de merchandising que prejudicam suas vendas

Por Redação Blog Gazin Atacado • 10/09/18

Produtos acumulados, falta de manutenção e mudanças na vitrine, informações confusas ou ineficientes. Erros de merchandising como esses não são apenas inconvenientes, impactam negativamente seus resultados comerciais.

Sabendo disso e pensando em ajudá-lo a desenvolver um PDF estratégico e eficiente, detalhamos a seguir os erros de merchandising que mais prejudicam seus resultados e revelamos o que você precisa fazer para evitá-los em sua loja. Acompanhe!

10 erros de merchandising que prejudicam suas vendas

erros de merchandising

1 – Tratar a loja como um depósito

Um dos piores erros de merchandising que um lojista pode cometer é simplesmente acumular os produtos na loja, sem pensar em um contexto para eles.

Pare e pense:

Entre uma pilha de caixas de celulares e um display com os aparelhos expostos, em qual disposição você acredita que o cliente terá mais vontade de pegar um telefone para ver, testar e, se for o caso, comprar? Com certeza é no display!

Veja também! 
Vídeo: Lições das lojas Gazin sobre Merchandising no varejo

2 – Vitrines lotadas

erros de merchandising

O objetivo de qualquer lojista é mostrar, na vitrine, todas as possibilidades que seu cliente irá encontrar dentro da loja. No entanto, amontoar produtos na fachada pode ter o efeito contrário e afastar os consumidores.

“Com tanta informação ao mesmo tempo, o cliente vai acabar não se interessando por nada”, analisa Silmara Carreiro, especialista em Vitrinismo e Visual Merchandising.

Segundo ela, o ideal é que você exponha os produtos de maneira estratégica. Ao invés de, por exemplo, colocar modelos aleatórios de smartphones na vitrine, destaque os modelos mais recentes e mostre que sua loja está atualizada com as novidades tecnológicas.

Leia também! 
Vitrine, o vendedor silencioso

3 – Não atualizar a vitrine

erros de merchandisingAinda em relação à vitrine, não mudar com frequência os produtos expostos e não definir um cronograma para atualização da decoração são erros de merchandising que também podem impactar negativamente seus resultados de vendas.

Quando as pessoas veem a mesma vitrine por muito tempo, depois de alguns dias, elas nem perceberão mais o que está sendo exposto. É como se a visão delas se acostumasse com aquela imagem e passasse a ignorá-la. Dessa forma, a vitrine deixa de cumprir o papel de chamar a atenção e atrair mais clientes.

Leia também! 
Dicas simples e práticas para montar uma vitrine encantadora

4 – Não cuidar da manutenção e da limpeza

erros de merchandisingVocê entraria em uma loja com uma vitrine suja, manequins quebrados e lâmpadas queimadas? Pois é, seu cliente também não!

Para atrair quem passa em frente a sua loja por meio da vitrine, você precisa mantê-la sempre limpa e em ordem.

Luzes queimadas e displays velhos, por exemplo, demonstram que sua loja é desleixada e desorganizada.

“Crie um cronograma para as sessões de limpeza, para garantir que tudo esteja sempre limpo. Além disso, peça para os vendedores reportarem sempre que notarem algo com defeito ou quebrado na loja”, orienta Silmara Carreiro.

Leia também! 
Entenda o papel do Merchandising para o sucesso de sua loja

5 – Falta de espaço de circulação dentro da loja

erros de merchandisingLojas em que os clientes mal conseguem caminhar pelos corredores funcionam como verdadeiros “repelentes”. Ou seja, o cliente entra, vê que não vai conseguir chegar até o produto que procura e vai embora. Além disso, o acúmulo de pessoas pode passar a impressão de que o atendimento vai demorar para acontecer. E quem é que gosta disso?

Não pensar no fluxo de clientes dentro da loja também é um dos erros de merchandising mais prejudiciais ao varejo. Portanto, garanta que a disposição dos produtos não atrapalhe a circulação dentro do seu estabelecimento.

Leia também! 
A rota do cliente dentro da loja

6 – Sinalização confusa e ineficiente

erros de merchandisingAs placas com informações sobre os produtos possuem um papel importantíssimo no merchandising do varejo. Afinal, o consumidor atual é independente e está acostumado a buscar informações sozinho na internet. Portanto, enquanto ele “navega” em seu estabelecimento, quer poder conferir detalhes sobre os produtos expostos, sem necessariamente ter que chamar o vendedor.

Por isso, quando a loja não disponibiliza informações básicas sobre os produtos expostos (modelo, especificações técnicas importantes e preço), ele se sente frustrado e pode decidir ir embora. O mesmo acontece se a sinalização não estiver clara (o cliente não sabe qual placa se refere a qual produto) ou se houver informações demais, por exemplo.

Leia também! 
4 táticas de merchandising para aumentar suas vendas

7 – Falta de chamadas de compra

erros de merchandisingOutra falha em relação à sinalização é a ausência de call to actions (CTA) – chamadas para ação, em tradução livre. Essas chamadas funcionam como um guia para direcionar o olhar dos clientes para os produtos que você quer dar destaque. Tais como “Oferta do Dia“; “Condições únicas de pagamento“; “Últimas unidades” etc.

Imagine um cliente andando pela loja. Se as placas são sempre as mesmas – com os mesmos textos e cores –, os clientes vão apenas “passar o olhar”, sem necessariamente se atentar para algum item específico. Já se você posicionar chamadas estratégicas em determinados produtos, certamente eles irão notá-los com mais facilidade.

Leia também! 
Como aproveitar compras por impulso para vender mais

8 – Não dar destaque aos produtos de maior valor

erros de merchandisingDestacar apenas aos itens em promoção é uma falha estratégica comum no varejo. Se você só destaca os produtos mais baratos ou com desconto, adivinha só: esses serão os itens mais vendidos!

Acontece que, agindo dessa maneira, você estará desperdiçando grandes oportunidades. Destaque também os produtos de maior valor agregado. Eles podem não ser os mais populares ou os mais baratos, mas farão diferença no seu resultado de vendas!

Leia também! 
Case Hard Off – lições do Japão sobre a experiência do cliente na loja

9 – Não criar ambientes prontos

erros de merchandisingMuitos varejistas organizam a loja por setores, esquecendo que grande parte dos seus produtos são complementares. Esse é um dos erros de merchandising que mais afetam a experiência do cliente na loja e, consequentemente, suas vendas.

Para evitar este problema, analise os produtos que sua loja vende e pense em como eles poderiam ser dispostos para simular um ambiente real. Uma cozinha completa, com móveis e eletrodomésticos, por exemplo, pode ser uma disposição muito mais atrativa do que se os produtos estivessem separados, cada um em seu respectivo setor.

Leia também! 
A criatividade no Merchandising e a experiência do consumidor

10 – Esquecer a área perto do caixa

erros de merchandisingAchar que a região do caixa é uma área “morta”, que quando o cliente está ali o processo de compra já foi finalizado, também é uma grande falha de merchandising. Acredite: expor produtos de maneira estratégica neste espaço pode fazer sua loja vender mais.

Posicionar acessórios ou produtos complementares, expor as novidades da loja, anunciar vantagens do programa de fidelidade são algumas maneiras de influenciar a decisão do consumidor quando ele estiver no caixa.

Aprenda mais! 
8 dicas para aumentar as vendas quando o cliente já está no caixa

Agora, é com você!

Não deixe de ler os conteúdos indicados ao longo do artigo. As dicas e informações destes materiais irão ajudá-lo a planejar o merchandising com mais eficiência e a organizar o PDV de maneira mais estratégica.

Bons negócios!

Imagens: Bigstock; Flaticon

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 3
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "10 erros de merchandising que prejudicam suas vendas"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo