Nossas Sugestões

A importância da experiência do funcionário

A importância da experiência do funcionário

Por Redação Blog Gazin Atacado • 6/09/19

Entenda o conceito de experiência do funcionário, conheça os sete estágios do ciclo de vida dos colaboradores e saiba como cuidar dessa questão em sua loja.

Não é novidade que uma loja que quer se destacar precisa promover uma experiência marcante para o seu consumidor, não é mesmo? Isso, aliás, já foi tema de diversos conteúdos por aqui:

O que a marca japonesa MUJI pode ensinar sobre merchandising e experiência do cliente no varejo
O merchandising e a experiência do cliente no varejo
Como promover uma experiência marcante em sua loja
Infográfico: A importância da experiência do cliente no varejo

Porém, o que pouco se fala é que para oferecer a melhor experiência possível ao consumidor, primeiro você precisa cuidar da experiência do funcionário!

Afinal, uma equipe feliz e motivada é fundamental também para garantir consumidores satisfeitos com o que sua loja proporciona.

Portanto, a seguir, você vai entender melhor o que é a experiência do funcionário e descobrir o que precisa fazer para aprimorar a experiência dos seus funcionários.

Acompanhe!

A experiência do funcionário

experiência do funcionário

Experiência do funcionário nada mais é do que a jornada que um profissional percorre em uma organização. Ou seja, vai desde o momento em que ele realiza a entrevista de emprego, passa pelo tempo em que trabalha lá e se encerra com o fim do vínculo entre as partes.

O ciclo de vida do funcionário na empresa é o que define quais são as etapas críticas que os empregadores devem cumprir, assim como os componentes que a estratégia do RH terá mais influência durante a experiência do funcionário.

Essas interações, aliás, moldam a experiência e a percepção do funcionário com relação à empresa.

Além disso, elas podem afetar diretamente a performance do profissional, e ainda a sua reputação como empregador.

Afinal, o engajamento do colaborador, sua performance e desenvolvimento são temas cruciais durante todo o clico de vida do funcionário na empresa. Portanto, condicionando os colaboradores a terem acesso a todos esses aspectos, você estará oferecendo, espontaneamente, a experiência do funcionário ideal!

Hoje em dia é obrigação de qualquer empresa que deseja atingir ou manter o sucesso oferecer condições ideais de trabalho à sua equipe. Isso porque se seus clientes consomem os seus produtos, os funcionários “consomem” o local de trabalho. Isso sem falar que a atual geração de trabalhadores demanda um local de trabalho confortável e que atenda suas expectativas.

A pergunta que fica, então, é:

Como desenvolver uma cultura forte em sua empresa para oferecer a melhor experiência do funcionário possível?

importância da experiência do funcionário

Possuir uma marca forte, ter um propósito e estabelecer uma cultura. Estas são as bases de uma empresa que oferece uma boa experiência ao funcionário.

Inclusive, tudo isso já foi tema de conteúdo por aqui. Leia já:

Fortaleça sua marca e o relacionamento com seus clientes e venda mais
Saiba qual é o propósito da sua loja e fortaleça o relacionamento com seus clientes
A importância da cultura organizacional em pequenas empresas
Cultura interna como marca, uma das tendências do futuro do varejo que sua loja precisa acompanhar
Como ser uma empresa amada pelos clientes

Definindo esses critérios, você poderá envolver seus colaboradores em tudo que é importante para a sua organização, e criar uma experiência que seja o sonho dos melhores profissionais do mercado!

Na prática!
7 estágios do ciclo de vida do funcionário
e como impactam na experiência do funcionário

experiência do funcionário no varejo

Uma maneira prática e fácil de promover uma boa experiência ao colaborador é cuidando dos 7 estágios essenciais do ciclo de vida do funcionário. Afinal, através deles é possível reter as interações entre empregador e empregado mais significativas para a experiência do funcionário.

Para organizações que estão apenas começando a pensar na experiência do funcionário, examinar as sete estratégias no contexto de sua cultura é uma ótima maneira de introduzir essas práticas no dia a dia de sua empresa.

Vamos a elas!

1 – Atração

A construção da experiência do funcionário começa na etapa de atração dos profissionais para sua empresa. Afinal, os melhores profissionais se atrairão por mensagens alinhadas aos valores, à missão e aos objetivos deles.

Portanto, nesta etapa do ciclo de vida do funcionário, leve em conta, por exemplo:

– Quais são os elementos da sua cultura organizacional mais chamativos na hora de atrair novos funcionários?
– Como você os tem utilizado no processo de recrutamento e seleção?
– O que ainda não faz neste sentido, mas poderia fazer?

Este é um bom ponto de partida para começar a pensar na experiência do funcionário já na etapa de atração de novos profissionais à sua empresa.

Leia também!

Como atrair e contratar os melhores profissionais para a sua equipe
Como anunciar uma vaga de emprego em sua loja

2 – Contratação

Na etapa seguinte, a da efetiva contratação, para construir uma boa experiência do cliente, você precisa considerar, por exemplo:

– Se seu processo de contratação é justo.
– Se os candidatos a serem entrevistados têm o perfil adequado para a sua empresa (para evitar estresse posterior).
– Se todos os candidatos estão recebendo feedback sobre a performance no processo seletivo.
– E assim por diante.

Ou seja, é mais uma etapa fundamental para garantir uma boa experiência do funcionário. Portanto, precisa ser levada a sério. O vídeo abaixo, uma entrevista concedida por Sônia Rossi (gerente de desenvolvimento humano da Gazin) ao Blog do Varejo, contém informações que vão ajudá-lo nessa missão. Assista!

Leia também

5 erros que varejistas cometem na hora de contratar vendedores – e como evitá-los
Recrutamento de vendedores: o que avaliar na hora da entrevista
Como contratar os melhores vendedores para sua loja
Recrutamento e seleção no varejo: como montar um time de vendas extraordinário

3 – Interação 

Colaborador novo contratado? Então, chega a hora de se preocupar com mais uma etapa da experiência do funcionário: a interação com colegas e líderes.

Para isso, dinâmicas de grupo, processos de feedback e bons treinamentos são excelentes ferramentas.

Neste sentido, reflita sobre questões como, por exemplo:

– Você é sincero com o funcionário sobre os valores da sua empresa desde o contato inicial?
– Você faz perguntas para saber se os valores do funcionário estão alinhados com os valores da empresa?
– Você se preocupa em manter essas questões vivas na empresa depois de contratar um novo funcionário?
– Há um processo claro de feedback em sua empresa?

Leia também!

7 grandes erros na hora de dar feedback
Como dar feedback a seus vendedores
Como dar feedback a vendedores no varejo
Roteiros de feedback para gestores comerciais

4 – Engajamento

Não dá pra falar sobre experiência do funcionário e não falar sobre engajamento.

– Seus funcionários mostram entusiasmo em sua rotina e estão envolvidos com o trabalho?
– O que você faz, no dia a dia, para manter seus colaboradores motivados e engajados?
– O que poderia fazer, mas ainda não faz?

Sua estratégia deve ser montada nas forças do seu negócio e no propósito de sua empresa. Assim, seu colaborador saberá que trabalha em um lugar onde pode se desenvolver.

Leia também!

3 fatores fundamentais para ter funcionários felizes
Como conquistar a confiança da equipe
7 maneiras de incentivar seus colaboradores – sem ser com dinheiro

5 – Desempenho

A avaliação de desempenho dos profissionais da sua equipe também deve ser parte da experiência do funcionário na sua empresa.

Neste sentido, faça avaliações de desempenho  justas para você e para o colaborador. Assim, você saberá tanto o que você pode melhorar e o que o colaborador deve aprimorar.

Leia também!

Como fazer a avaliação de performance dos vendedores no varejo

6 – Desenvolvimento 

– Sua empresa oferece oportunidades para os funcionários evoluírem na companhia?
– Que tipos de treinamentos poderiam ajudar seus vendedores a conquistarem resultados melhores e, de quebra, colaborariam para aprimorar a experiência do funcionário em sua loja?

Treinamentos oferecidos à sua equipe e promoções internas são algumas das atitudes que mostram ao colaborador que ele trabalha em um local que oferece uma ótima experiência do funcionário.

Nosso guia gratuito Manual prático de treinamento em vendas no varejo contém muitas informações que podem ser úteis neste sentido. Clique no banner abaixo e faça o download do seu exemplar.

Leia também!

Como desenvolver e reter talentos no varejo

7 – Partidas

Demissões nunca são fáceis. Porém, mais difíceis ainda são as demissões pedidas pelos seus melhores colaboradores. Muitas vezes, causadas justamente porque as empresas não se preocupam em oferecer uma boa experiência do funcionário!

Portanto, saber identificar isso e criar uma experiência positiva de saída é crucial para que o funcionário encerre o ciclo de bem com essa história vivida.

Neste sentido, sempre converse com os profissionais que estão deixando sua empresa para entender o que eles pensam sobre a experiência do funcionário proporcionada por sua loja. A opinião deles pode ajudá-lo a melhorar essa questão!

Leia também!

Como demitir um profissional de sua loja
7  maneiras de diminuir o turnover no varejo
6 dicas para reter talentos e diminuir o turnover de sua loja
Como reconhecer seus melhores funcionários

E aí, como você avalia a experiência do funcionário em sua loja? Sim, temos que focar nos clientes. Porém, toda equipe de trabalho deve sentir que pertence à empresa. Criando essa união, os resultados acontecerão naturalmente.

Boas vendas!

Imagens: Envatoelements

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 3
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "A importância da experiência do funcionário"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo