Nossas Sugestões

4 sinais de que as finanças da sua loja podem estar em perigo

4 sinais de que as finanças da sua loja podem estar em perigo

Por Redação Blog Gazin Atacado • 29/09/17

Não é de um dia para o outro que as portas de uma empresa se fecham. Muitos sinais aparecem meses ou até anos antes de o pior acontecer. Para evitar esse problema no seu negócio, você precisa ficar atento aos indícios que mostram que as finanças da sua loja podem estar em perigo.

Pensando em ajudá-lo nessa missão, apresentamos a seguir a opinião da especialista em estratégia de vendas Francesca Nicasio. Ela destaca os principais sinais que mostram que algo não vai bem e revela dicas do que você pode fazer para reverter a situação. Confira e aprenda a evitar danos às finanças da sua loja!

Sinais de que as finanças da sua loja podem estar em perigo

1 – O movimento cai diariamente mais que 5%

finanças da sua loja

Não estamos falando daquela queda sazonal que ocorre em determinados períodos – e que é normal em negócios saudáveis. É importante ficar atento na diminuição do número de clientes de uma maneira geral, seja nos dias mais movimentados ou mais calmos.

Uma das primeiras atitudes para reverter essa situação é ouvir os clientes. Quem entra na sua loja se queixa de algo? Todos reclamam do preço? Do ambiente? Do atendimento? Seja qual for a reclamação, fique atento para que possa reverter e trazê-los de volta!

Saiba mais!

Como lidar com reclamações de clientes

Além disso, lembre sempre que é importante que a loja seja atraente tanto do lado de dentro quanto do lado de fora. Mantenha vitrines, cartazes e adesivos atualizados e sem rasuras e também seja estratégico quanto ao design da loja. 

Saiba mais!

Quer saber como o merchandising pode ajudar sua loja a conquistar mais clientes? Assista ao vídeo que está aqui.

2 – Você não consegue dar vazão ao estoque

finanças da sua loja

Estoque abarrotado pode ser resultados de dois problemas:

  1. Você não está fazendo a correta gestão da entrada e saída de produtos.
  2. Sua loja não está vendendo como antes.

Seja qual for o caso, as finanças da sua loja estão correndo risco!

O estoque não é formado somente por pilhas de produtos. O que está armazenado ali é o capital da sua loja; ele representa o investimento que você fez para comprar aqueles itens. Por isso, é crucial fazer o correto gerenciamento dessa área. Se os produtos não saem do estoque, é o seu dinheiro que fica parado.

Para reverter esse problema, é importante entender por que a loja não está conseguindo dar vazão ao estoque. Analise os pedidos de produtos, as finanças da sua loja e as vendas dos últimos meses para saber quais ações você precisa tomar para conseguir vender mais e girar o estoque.

No entanto, se você nem conseguir levantar dados para fazer essa análise, é importante dar mais atenção à gestão do estoque. Não sabe por onde começar? Leia os artigos que já escrevemos sobre esse tema aqui no blog:

3 – Sua base de clientes fiéis é pequena

finanças da sua loja

Muitas lojas se concentram demais em conquistar novos clientes e se esquecem de cuidar dos clientes fiéis. Porém, como é possível que as vendas continuem acontecendo, por causa dos clientes novos, o empresário não identifica que existe um problema. Ele acredita, de verdade, que está tudo bem. Mas a verdade é que se um negócio tem muitos clientes que compram só uma vez, e poucos (ou nenhum) que são fiéis, há, sim, algo de errado. Em pouco tempo esse problema que está afastando os clientes pode prejudicar a imagem da marca e, consequentemente, as finanças da sua loja!

Nesse sentido, um indicador importante para ajudar a analisar o nível de fidelidade do seu público é o “Ciclo de Vida do cliente”, que calcula a média de frequência de compra e de gastos dos consumidores da loja. Clique aqui e saiba mais sobre como utilizar esse fator em seu negócio. Além disso, também também leia o guia: Como atrair e fidelizar clientes.

4 – Falta alinhamento com a cultura organizacional

finanças da loja

A cultura organizacional é a combinação entre missão, valores, objetivos e políticas internas e externas de uma empresa. Nesse sentido, é fundamental que os colaboradores estejam alinhados com a cultura, para que todos caminhem na mesma direção.

Quando isso não acontece, os objetivos da organização acabam se perdendo no meio do caminho e a empresa perde o sentido de sua existência.

Para manter o foco sempre no mesmo objetivo, contrate as pessoas certas. Atraia profissionais que tenham a atitude que sua loja transmite. As habilidades podem ser treinadas, mas as atitudes dificilmente são modificadas. Por isso, recrute profissionais que se encaixem naturalmente na cultura de sua empresa e, depois, mantenha o treinamento constante mostrando qual é o DNA da marca e que rumos a empresa deseja tomar. Quanto mais alinhados à cultura organizacional, mais os profissionais vão render e, com isso, as finanças da sua loja não estarão em perigo.

Saiba mais!

A importância da cultura organizacional em empresas pequenas

Fique atento!

Quer saber mais sobre como manter as finanças da sua loja em dia? Leia também:

Prevenir é melhor do que remediar, não é mesmo? Então, aos primeiros sinais de que algo não vai bem, aja para identificar e corrigir os problemas e evite que as finanças da sua loja (e a sustentabilidade do seu negócio) sejam prejudicadas!

Sucesso e boas vendas!

Imagens: Freepik

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 4
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "4 sinais de que as finanças da sua loja podem estar em perigo"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo