Nossas Sugestões

Como utilizar o Google Analytics a favor do seu hotel ou pousada

Como utilizar o Google Analytics a favor do seu hotel ou pousada

Por Redação Blog Gazin Atacado • 12/02/18

O sucesso de um empreendimento hoteleiro depende de inúmeros fatores. Quartos confortáveis, boa infraestrutura, atendimento impecável, internet de qualidade e café da manhã variado são alguns dos que mais ocupam a mente dos gestores de hotéis e pousadas, mas, definitivamente, não são os únicos. No artigo de hoje, vamos defender que você inclua nessa lista uma atenção especial ao Google Analytics.

Quer entender por quê? Siga a leitura!

A realidade do segmento hoteleiro

Google Analytics hotelariaEm um mundo ultraconectado como o em que vivemos, um dos principais desafios de qualquer estabelecimento hoteleiro é ser encontrado por seus possíveis hóspedes na internet. Afinal, é pela web que a maioria dos viajantes da atualidade decide onde vai se hospedar em sua próxima viagem.

Por isso mesmo, cuidar com carinho do seu site, ter uma presença forte nas redes sociais e construir um relacionamento sólido via web com clientes fiéis são ações fundamentais para quem deseja se manter relevante e crescendo dia após dia.

Leia também!

Nós já publicamos diversos artigos aqui no Blog da Hotelaria sobre como utilizar ferramentas digitais para atrair e fidelizar hóspedes. Leia clicando nos links abaixo!

Site: muito mais do que um cartão de visitas

Google Analytics - HotelariaSim, ter um site bonito e que reúne todas as informações sobre seu hotel ou pousada é importante, mas definitivamente não é tudo!

Se você quer atrair e conquistar novos clientes via web, precisa entender que o site é uma plataforma viva, que precisa ser monitorada frequentemente, ajustada de acordo com avaliações periódicas, que apontarão pontos fortes e fracos e indicarão quais caminhos garantirão o sucesso de suas estratégias nesse canal.

Existem diversas ferramentas on-line que podem ajudá-lo a fazer esse monitoramento. O Google Analytics é uma delas.

Leia também!

7 erros em sites de hotelaria – e como corrigi-los

O que é o Google Analytics

Se você quer:

  • Entender qual é o perfil dos visitantes do seu site (idade, localização, gênero etc.).
  • Saber como eles chegaram ao seu site (via redes sociais, por sites de busca, via links, por acesso direto e assim por diante).
  • Descobrir se o seu site está sendo efetivo ou não (ou seja, se as pessoas passam um bom tempo navegando nele ou saem depois de poucos segundos de navegação).

Precisa começar a utilizar, de verdade, o Google Analytics!

Todas essas informações – e muitas outras – estão disponíveis para os usuários do Google Analytics.

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita que permite que você entenda o tráfego e o desempenho do seu site por meio de dezenas de relatórios. Analisando esses dados, você poderá melhorar a performance do seu site e atingir o público que deseja fazendo ajustes certeiros. É o que você quer, não?

Mas, atenção!

Talvez você não seja a pessoa certa para monitorar os dados fornecidos pelo Google Analytics. O responsável por essa missão pode ser um profissional de marketing da sua equipe, a pessoa que faz as atualizações do site ou uma empresa terceirizada. O importante é que o trabalho seja feito!

5 passos para utilizar o Google Analytics na hotelaria

O Google Analytics é uma ferramenta extremamente completa para quem quer analisar o desempenho de um site ou de uma campanha na web. Porém, para quem nunca a utilizou, aquelas dezenas de relatórios disponíveis podem parecer um verdadeiro labirinto. Pensando em ajudá-lo a encontrar as saídas que o levarão ao sucesso, apresentamos a seguir cinco passos recomendados pela consultoria britânica Clockwork para você utilizar o Google Analytics na hotelaria da melhor forma possível. Acompanhe!

1) Definir os objetivos do seu site

Se você não souber o que quer descobrir com a ajuda do Google Analytics, pode se ver em apuros. Por isso, para começar, defina quais são os objetivos do seu site.

Digamos, por exemplo, que você quer aumentar as reservas de casamentos em seu estabelecimento. Ok, esse é o objetivo “macro”. A partir dessa definição, seus objetivos “micro” podem ser:

  • Aumentar o engajamento do conteúdo relativo a casamentos.
  • Aumentar o número de downloads do material sobre casamentos.
  • Aumentar a visualização da galeria de fotos de casamento.
  • Aumentar a quantidade de formulários de informação sobre casamentos enviados.

Leia também!

Como atrair festas de casamento para seu hotel ou pousada

2) Estabelecer as metas que serão acompanhadas

Objetivos definidos, chega a hora de estabelecer as metas que ajudarão a monitorar a evolução do objetivo. Basicamente, metas são as coisas que você quer que os visitantes façam em seu site. Para medir o engajamento no conteúdo de casamento, por exemplo, suas metas podem ser:

  • Aumentar o tempo de permanência nas páginas de conteúdo sobre casamento.
  • Aumentar o número de páginas de conteúdo de casamento que cada usuário visita.
  • Conseguir que os visitantes compartilhem seu conteúdo sobre casamento nas redes sociais.

Você pode definir tudo isso na seção “Admin” do Google Analytics, como mostra a imagem abaixo:

3) Determinar os indicadores de performance que serão avaliados

Cada meta precisa ainda de um indicador de performance para avaliar sua evolução. Por exemplo:

  • Aumentar o engajamento em 10% ao mês.
  • 30 páginas compartilhadas nas redes sociais por mês.
  • 55 materiais de casamentos baixados por mês.
  • 100 visualizações da galeria de fotos de casamentos por mês.
  • 25 formulários de solicitação de informações sobre casamentos preenchidos por mês.

Depois de definir os indicadores, você precisa passar a acompanhar a evolução de cada um deles. Afinal, de nada adianta saber qual é o destino final e esquecer de ver se não houve um desvio de rota no meio do caminho.

Nesse sentido, se durante o percurso você perceber que algo precisa de ajustes, poderá corrigir o problema antes de se ver perdido em suas metas.

4) Configurar o acompanhamento e a geração de relatórios do Google Analytics

Depois de definir as informações acima, é possível configurar o Google Analytics para acompanhar as metas e gerar relatórios comparando objetivos e indicadores. Tudo isso é feito no Google Analytics e no Google Tag Manager.

Uma vez que tudo está definido e testado, os dados coletados podem ser analisados mensalmente. Variações precisam ser destacadas e utilizadas pela equipe de marketing para garantir que as atividades continuem acontecendo como previsto.

google analytics - hotelaria

5) Utilizar os relatórios para entender o tráfego do seu site e definir quais melhorias precisam ser implementadas

O passo seguinte é a análise das informações fornecidas pelos relatórios do Google Analytics pensando na performance dos canais, no comportamento dos visitantes e no desempenho das metas.

Por exemplo:

  • Qual canal tem gerado mais conversão: e-mail ou redes sociais?
  • Os visitantes estão cumprindo as metas que você definiu? Se não, algo precisa ser ajustado. Pode ser a estrutura do site, o conteúdo ou as mensagens em si. Por exemplo: Se poucos usuários estão baixando ou visualizando as páginas referentes aos seus serviços de restaurante, talvez esteja na hora de falar mais sobre comida em suas redes sociais; ou em pensar em ofertas e eventos alinhados a esse objetivo.

Leia também!

Além disso, é importante lembrar que o que você comunica nas suas redes sociais precisa sempre estar alinhado ao conteúdo do seu site, com “calls to action*” claros, para que o visitante do site saiba o que fazer, onde clicar e viva uma experiência natural de compra durante o processo.

*Call to action significa a “chamada para ação”. Geralmente, são links de uma página que levam os usuários a realizar ações, com o principal objetivo de direcioná-los para uma página de compra.

Para pensar

Apesar de o Google Analytics não poder agir por você e nem trazer respostas definitivas, os relatórios que ele gera com certeza poderão ser utilizados por você para:

  • Fazer conclusões simples e importantes.
  • Entender quais áreas de seu site estão funcionando bem e quais precisam de melhorias.
  • Se um tipo de dispositivo tem performance melhor do que outro.
  • E assim por diante.

Cabe a você aprender a “ler” as informações fornecidas pela ferramenta e a utilizá-las a favor de seu hotel ou pousada.

Leia também!

Ao incorporar a análise desses resultados do Google Analytics em sua rotina, você terá dados importantes para direcionar o aumento de reservas on-line de seu hotel, e estabelecer metas para os próximos anos de maneira mais consistente.

Mãos à obra e sucesso!

Imagens: Freepik; Flaticon

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 3
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Como utilizar o Google Analytics a favor do seu hotel ou pousada"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo