Nossas Sugestões

Logística no e-commerce na prática

Logística no e-commerce na prática

Por Redação Blog Gazin Atacado • 7/05/18

Para proporcionar uma experiência de compra marcante para o cliente no e-commerce, não basta ter um canal de vendas eficiente e uma grande variedade de produtos. Um processo de logística no e-commerce bem elaborado e executado é fundamental para garantir a satisfação do cliente e, consequentemente, sua fidelidade.

Sabendo disso, apresentamos a seguir dicas importantes para ajudá-lo a gerenciar essa área com um planejamento correto, garantindo um excelente desempenho nas vendas. Acompanhe!

As etapas do processo de logística no e-commerce

logística no e-commerce

Conhecer o processo logístico pode ajudá-lo a identificar seus pontos fracos e fortes e, consequentemente, facilitar o desenvolvimento de estratégias para melhorias.

De uma maneira geral, a logística no e-commerce engloba armazenagem, expedição e entrega. Na prática, estas são as etapas desse processo:

  • Recebimento da mercadoria.
  • Conferência física e fiscal.
  • Armazenamento com a devida identificação.
  • Reposição de estoque.
  • Separação dos pedidos.
  • Preparação do produto (conferência, embalagem e etiquetagem).
  • Envio para a transportadora.
  • Rastreamento.
  • Controle de entrega.

Com isso em mente, pare e pense: em quais dessas fases sua empresa se destaca? E no que é possível melhorar?

Essa reflexão é um excelente ponto de partida para a melhora dos seus processos de logística no e-commerce!

A importância da logística no e-commerce

Um processo de logística no e-commerce bem organizado e eficiente está diretamente ligado a dois fatores que influenciam a decisão de compra e a satisfação do cliente: valor do frete e entrega no prazo.

Neste sentido, é importante atentar-se a alguns aspectos referentes a cada um desses assuntos: 

– Valor do frete

Uma boa experiência com o frete é muito significativa para que o cliente fique satisfeito com uma compra on-line. Portanto, esse é um passo importante para o seu sucesso no e-commerce. Assim, tenha em mente que:

  • Frete grátis é um grande atrativo, mas é preciso ter cuidado e utilizar essa opção em campanhas bem elaboradas, para não gerar prejuízos.
  • É essencial manter os valores do frete sempre atualizados junto à transportadora. Dessa forma, você evitará desgastes com o cliente. Afinal, ninguém quer ser descobrir que o valor do frete aumentou depois de ter fechado uma compra, certo?
  • Oferecer diferentes opções para o cliente, com prazos de entrega e valores variados dependendo de algumas escolhas, pode ser um diferencial.

Leia também!

5 erros que prejudicam as vendas online

– Entrega no prazo

interagir com os viajantes nas redes sociais

Quando o consumidor realiza uma compra on-line, ele aguarda ansiosamente a entrega do produto. E se por um lado é uma alegria receber o pedido antes do prazo, constatar que o prazo extrapolou e o produto ainda não foi entregue é extremamente frustrante.

Infelizmente, o atraso nas entregas não é algo incomum. De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), esse problema atinge 61% das lojas virtuais.

Portanto, por segurança, vale aumentar em 1 ou 2 dias o prazo de entrega, para evitar atrasos e a insatisfação dos consumidores.

Leia também!

Como fazer os clientes de e-commerce voltarem sempre

Planejamento logístico na prática

alta performance

Otimizar a operação logística no e-commerce não é uma tarefa fácil. Para isso, é necessário um planejamento eficiente, em que cada etapa do processo é avaliada e pensada de forma estratégica. Dessa forma, ficará mais fácil reduzir custos e aprimorar o serviço!

Neste sentido, cinco itens não podem ficar de fora do seu planejamento. São eles:

1) Estoque 

Controlar o estoque é essencial não apenas para evitar aquela mensagem “produto indisponível”, como também para que não ocorra um acúmulo de produtos com baixa procura, comprometendo o espaço físico disponível. Por isso:

  • Defina níveis de estoque que serão mantidos, além de critérios de reposição.
  • Utilize ferramentas para controlar o estoque e realize inventários com frequência.
  • Não tenha medo de fazer liquidações, pois a maioria dos itens perdem valor ao longo do tempo.

Leia também!

2) Curva ABC de produtos

A curva ABC consiste na teoria de que 80% das consequências são influenciadas por 20% das causas. Para entender melhor, vamos adaptá-la diretamente ao estoque.

Classifique os produtos nas categorias A, B e C, sendo A de maior importância e C de menor, de acordo com um critério estabelecido – pode ser demanda, contribuição no faturamento, margem de lucro, entre outros. Por exemplo:

  • Classe A – 20% dos itens representam 80% do valor do estoque.
  • Classe B – 30% dos itens representam 15% do valor do estoque.
  • Classe C – 50% dos itens representam 5% do valor do estoque.

Assim, será possível classificar os itens do seu mix e identificar quais são os produtos de maior saída, quais representam mais lucro e aqueles que não têm muita movimentação. Isso ajudará a otimizar tempo e espaço, refletindo diretamente na economia e na elaboração de planos de ação.

Leia também!

Como agregar valor aos seus produtos vendendo online

3) Embalagem

Todo cliente quer receber a mercadoria adquirida em perfeito estado, não é mesmo?

A embalagem correta faz toda a diferença para garantir a proteção do produto! Além disso, ela é um cartão de visitas da empresa. Portanto, invista na personalização das embalagens de seus produtos. No entanto, não se atenha apenas ao visual da embalagem; a correta identificação do produto e a etiqueta de endereço também são fundamentais para a percepção que o cliente terá do seu serviço.      

Leia também!

7 formas de utilizar as embalagens para aumentar a fidelidade dos clientes

4) Modelo de entrega

Existem diferentes modelos de entrega. O ideal é utilizar aquele que se adeque às suas necessidades!

Pode ser interessante, por exemplo, contar com os serviços de mais de uma transportadora (para evitar o acúmulo de entregas feitas por uma empresa e, consequentemente, reduzir o prazo de espera), além de contratar um seguro para o caso de extravios ou roubos.

Modelos alternativos para entregas na mesma região, como motoboys e bicicletas, ou até mesmo a possibilidade de retirar o produto em um local físico, os chamados “lockers”, também são excelentes alternativas, e ajudam a melhorar a percepção de valor que o cliente tem da sua empresa.

Leia também!

O que é preciso saber antes de abrir um e-commerce

5) Logística reversa

No e-commerce, devoluções ou trocas de mercadorias são comuns. Por isso mesmo, para evitar problemas é fundamental garantir que as políticas de troca estejam bem visíveis em seu site.

Além disso, é importante padronizar processos dessa chamada logística reversa. Assim, você conseguirá reduzir os erros e garantir agilidade. Para isso, é essencial cuidar do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), planejar o transporte para o recolhimento do produto e contar com a ajuda de um bom CRM.

Leia também!

Terceirização dos processos – Dropshipping

Dropshipping

Tudo isso parece muito complexo para você? Talvez seja interessante terceirizar o processo de logística no e-commerce por meio do dropshipping.

Basicamente, através do dropshipping você encaminha o pedido ao fornecedor, que selecionará o produto e realizará a entrega para o cliente em nome da empresa. Por meio desse processo, seu lucro será a diferença de preço entre o que o fornecedor cobra e o valor da venda.

Para definir se essa é uma boa opção para sua empresa, é preciso avaliar os pontos negativos e positivos:

Vantagens:

  • Não é necessário ter estoque.
  • Redução de despesas fixas.
  • Variedade de produtos.
  • Flexibilidade.

Desvantagens:

  • Grande concorrência.
  • Margens baixas de lucratividade.
  • Falta de controle do estoque.

Esperamos que essas orientações lhe ajudem a garantir um processo de logística no e-commerce eficiente, que proporcione uma excelente experiência de compra ao cliente e, consequentemente, gere mais vendas para sua empresa. 

Sucesso e boas vendas!

Conteúdos extras sobre e-commerce

cyber mondayAo longo dos últimos anos, publicamos diversos conteúdos sobre e-commerce aqui no Blog do Varejo.

Se você quer aprimorar a sua loja virtual – ou se está pensando em ingressar no e-commerce, mas não sabe por onde começar –, clique aqui e aproveite tudo que fizemos pensando em ajudá-lo nessa tarefa!

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


2 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 9
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

2

comentários em "Logística no e-commerce na prática"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo