Nossas Sugestões

Maneiras práticas e efetivas para coletar dados dos clientes

Maneiras práticas e efetivas para coletar dados dos clientes

Por Redação Blog Gazin Atacado • 4/10/19

Quer vender mais e atender melhor as pessoas que compram na sua loja? Não deixe de coletar dados dos clientes. A base da sua evolução está nessa simples ação! Leia este artigo e saiba mais.

Quem trabalha no varejo sabe o quão importante é conhecer o seu público. Saber quais são as necessidades e os desejos dos clientes é uma das primeiras metas que um gestor deve ter para alavancar o seu negócio. Afinal, essa compreensão possibilitará que você tome decisões melhores para o futuro do seu negócio, já que serão baseadas em fatos concretos sobre as pessoas mais importantes para a sua empresa: os consumidores.

Inclusive, nós já falamos do valor em descobrir o que os clientes querem. Aliás, falamos sobre essa questão não apenas no dia a dia, mas até em datas comemorativas – como o Natal, por exemplo.

Hoje, pensando em nos aprofundarmos ainda mais neste assunto, revelamos como você pode coletar dados dos clientes. A seguir, vamos falar das estratégias indicadas para obter informações sobre os consumidores e também sobre quais são os dados mais importantes as serem coletados.

Acompanhe!

5 maneiras de coletar dados dos clientes

maneiras práticas para coletar dados dos clientes

Maneira #1 de coletar dados dos clientes:
Com a ajuda de um CRM

coletar dados dos clientesPessoas dos mais diversos tipos e perfis passam por sua loja todos os dias. Neste sentido, coletar dados dos clientes o ajudará a entender quais são os fatores que os diferenciam e os aproximam.

Isso, por sua vez, facilitará seu trabalho de oferecer soluções adequadas a cada grupo de consumidores, e também a sua tomada de decisões. Além disso, fará com que você consiga gerar mais valor para seus clientes e também para sua empresa.

E uma ferramenta de CRM pode ser muito útil em todo esse processo.

Afinal, lá você poderá reunir fatores geográficos, por exemplo, produtos específicos que eles compraram ou detalhes demográficos.

Para aprimorar ainda mais esse fundamento, você pode criar um histórico de interações com os clientes e utilizar um sistema de vendas que registre as compras dos clientes. Assim, você aumentará sua chance de oferecer o produto ou serviço ideal ao cliente e, consequentemente, de vender mais.

Leia também!

O que é CRM e como ele pode ajudar sua loja
Como escolher um CRM para a sua loja
Gestão de clientes no varejo: como cuidar e trabalhar de forma estratégica sua carteira de clientes
Seus vendedores precisam lidar com clientes difíceis? Saiba como ajudá-los!
Como lidar com clientes “chatos”?
Como lidar com diferentes tipos de clientes
Como vender para diferentes tipos de clientes

Maneira #2 de coletar dados dos clientes:
Analisando o comportamento do cliente em tempo real

coletar dados dos clientesPara entender melhor seus clientes você precisa analisar o comportamento deles.

Pesquisas podem ajudar bastante neste sentido, é verdade. Contudo, não há nada como observar em tempo real a forma como quem compra na sua loja se comporta!

No e-commerce isso é muito simples. Afinal, basta usar uma ferramenta como o Google Analytics para descobrir coisas como, por exemplo:

– Quanto tempo os visitantes ficam no seu site.
– Em quais links eles estão clicando.
– O que os leva a compartilhar seu conteúdo nas mídias sociais.
– O que eles estão carregando ou baixando e em que horários.

Com isso, é possível identificar padrões e prever as necessidades dos consumidores antes mesmo de eles se conscientizarem dessas necessidades.

Porém, por mais difícil que pareça adaptar essa estratégia para a loja física, não é impossível.

Para isso, é importante treinar os vendedores a analisarem o comportamento dos consumidores dentro da loja.

Eles podem, por exemplo:

– Observar quanto tempo o cliente da vez passa na loja.
– Por quais corredores passa.
– Que tipo de perguntas faz.
– E assim por diante.

Veja que esse é um tipo diferente de coleta de dados. No entanto, ao mesmo tempo, também é muito importante e significativo.

Para ser ainda mais efetivo, os vendedores devem ser incentivados a compartilhar suas descobertas. Reuniões semanais podem ser ótimas ferramentas para isso.

Leia também!

Como o Google Analytics pode potencializar suas vendas online
5 dicas para fazer reuniões de vendas eficazes e que tragam resultados

Precisa de ajuda para treinar sua equipe de vendas? Baixe nosso guia gratuito:

Maneira #3 de coletar dados dos clientes:
Através de programas de fidelidade

Programas de fidelidade não precisam ser bons apenas para os clientes. Eles podem – e devem! – ser úteis para você também.

Neste sentido, uma das funções dos programas de fidelidade pode ser coletar dados dos clientes.

Você pode, por exemplo, oferecer pontos extras em troca de informações que deseja conhecer.

Para isso, você pode usar a própria plataforma do programa de fidelidade, contatos via telefone, e-mails ou até mesmo na loja. Descubra o que funciona melhor para o seu público e para você, e aproveite!

Leia também!

Os programas de fidelidade no varejo
Tipos de programas de fidelidade e como escolher o melhor modelo
Por que e como criar um programa de fidelidade em sua loja

Maneira #4 de coletar dados dos clientes:
Analisando as informações do sistema de e-mail marketing

Você já possui uma lista abrangente contendo nomes e e-mails dos seus clientes?

Caso não tenha, comece a fazer isso já. Afinal, o e-mail é o canal mais utilizado e apropriado para coletar dados dos clientes.

Caso você já possua essa lista, que tal começar a enviar mensagens aos clientes perguntando sobre as preferências deles?

Descubra se eles desejam saber mais sobre vendas, se têm interesse em novos produtos ou eventos, que tipo de conteúdo os interessa – guias, notícias da comunidade, perfis de outros profissionais –, e assim por diante.

Leia também!

7 ferramentas de e-mail marketing para o pequeno e médio varejista
Vídeo: Como construir campanhas de e-mail marketing de alto impacto
E-mail marketing e vendas: uma relação de sucesso
7 e-mails de pós-venda para conquistar a fidelidade dos clientes

Maneira #5 de coletar dados dos clientes:
Com a ajuda da sua central de atendimento ao consumidor

A melhor oportunidade para coletar dados dos clientes é quando o contato é feito justamente por eles. Ou seja, através da sua central de atendimento ao consumidor.

Neste sentido, é essencial que você treine seus vendedores a aproveitarem esses contatos para saber mais sobre quem compra em sua loja.

Um roteiro base de perguntas pode ser muito útil para isso. Você pode incluir questões como, por exemplo: o que eles gostam e o que eles não gostam, como descobriram sua loja, o que estão achando do seu produto e do seu serviço, e assim por diante.

Depois de realizar as perguntas, mantenha um registro com as respostas de cada cliente. Dessa forma, você saberá exatamente em qual momento tal cliente comprou, o que deu certo e o que deu errado etc. Afinal, os comentários e reclamações indicam as melhores práticas que devem ser repetidas e o que deve ser evitado durante o atendimento do cliente e também no processo de vendas.

Outra forma de analisar e coletar dados dos clientes é através das repostas e comentários feitos nas mídias sociais. Afinal, muitas redes sociais possuem ferramentas de pesquisa incorporadas que você pode usar para pesquisar ou pedir feedback aos seus clientes.

Leia também!

Como medir a eficiência da sua central de atendimento ao consumidor
Tendências no serviço de atendimento ao consumidor

E aí, o que achou das dicas de hoje?

Esperamos que com elas você possa coletar dados dos clientes de maneira mais efetiva e, assim, consiga melhorar cada vez mais o atendimento prestado em sua loja e, consequentemente, os seus resultados em vendas. 

Sucesso!

Imagens: Envato elements e Freepik

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


1 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 1
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

1

comentários em "Maneiras práticas e efetivas para coletar dados dos clientes"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo