Nossas Sugestões

Regimes de alimentação na hotelaria: tudo o que você precisa saber está aqui!

Regimes de alimentação na hotelaria: tudo o que você precisa saber está aqui!

Por Redação Blog Gazin Atacado • 19/12/19

Conheça os principais regimes de alimentação na hotelaria e reveja a forma como você oferece serviços gastronômicos em seu estabelecimento.

Não é novidade que a alimentação é um fator crucial para o sucesso na hotelaria. Afinal, além de serviços como café da manhã, por exemplo, serem extremamente valorizados por viajantes, restaurantes de hotéis podem ser atrações à parte, podendo ajudá-lo a atrair também moradores da sua cidade e clientes de outros estabelecimentos que desejem simplesmente comer bem.

Sabendo da importância dos serviços gastronômicos para a engrenagem de um hotel, trazemos para o debate hoje os regimes de alimentação na hotelaria. Afinal, existem variadas formas de apresentar a gastronomia em hotéis e pousadas e, portanto, é fundamental conhecer todas elas para escolher a mais adequada para a sua realidade.

Acompanhe!

Leia também!

8 formas de utilizar o turismo gastronômico para atrair mais hóspedes
3 tendências do turismo gastronômico que podem ser aliadas da hotelaria
4 histórias de turismo gastronômico para você se inspirar

Os regimes de alimentação na hotelaria

tipos de regime de alimentação na hotelaria

Regimes de alimentação na hotelaria:
#1 Café da manhã incluso

Este é o regime de alimentação mais comum na hotelaria. Porém, isso não significa que todos os estabelecimentos hoteleiros incluam o café da manhã no preço de suas diárias. Aliás, há muitos hotéis e pousadas que, por diferentes motivos, não oferecem esse serviço gratuitamente.

Contudo, é importante destacar que esse pode ser justamente o diferencial que vai fazê-lo conquistar um cliente. Isso porque, segundo uma pesquisa realizada pelo site Hotels.com, o café da manhã é o segundo serviço mais importante para os clientes na hora de escolher em qual estabelecimento ficar, perdendo apenas para a Wi-Fi.

Compreensível, não é mesmo? Afinal, a primeira refeição do dia é fundamental para quem tem um dia de turismo pela frente – e também para quem precisa enfrentar uma jornada de trabalho estando longe de casa.

A escolha do que vai oferecer e de como vai oferecer é sua, é claro!

Os artigos abaixo podem ajudá-lo a ter ideias para aprimorar seu café da manhã.
Não deixe de ler!

Café da manhã na hotelaria: como esse serviço pode ajudar a atrair mais hóspedes
6 dicas para melhorar o café da manhã do seu estabelecimento
A importância do café da manhã e as tendências desse serviço na hotelaria

Regimes de alimentação na hotelaria:
#2 MAP (Meia-Pensão)

regimes de alimentação na hotelariaDuas refeições são oferecidas aos clientes nesse regime:

– Café da manhã.
– Almoço ou jantar.

Esse regime é mais indicados para hotéis que estão em grandes cidades. Afinal, é comum que, nesses casos, o hóspede não passe tanto tempo no estabelecimento. Por isso, duas refeições podem ser o suficiente.

Para decidir quais refeições estarão inclusas na sua “meia pensão”, leve em conta o perfil dos seus cliente. Se, por exemplo, seus hóspedes costumam permanecer mais tempo em seu estabelecimento durante o início da tarde, ofereça o almoço. Porém, se logo no começo da noite eles voltam ao seu hotel, ofereça o jantar.

Mas, atenção, não esqueça: o MAP (do inglês Modified American Plan – plano americano modificado, em tradução livre) sempre inclui o café da manhã!

Precisa de ajuda para descobrir o que seus clientes desejam?
Leia estes artigos:

Entenda o seu público e saiba como criar as personas do seu hotel ou pousada
Cadastro de hóspedes: por que é importante e como fazer
Como antecipar as necessidades dos hóspedes

Regimes de alimentação na hotelaria:
#3 FAP (pensão completa)

regimes de alimentação na hotelariaCafé da manhã, almoço e jantar estão inclusos na “pensão completa”. Além disso, é comum que bebidas não alcoólicas também sejam oferecidas nesse pacote. 

Assim como MAP, a sigla FAP também é oriunda do inglês (Full American Plan – ou Plano Americano Completo, em tradução livre).

Regimes de alimentação na hotelaria:
#4 All inclusive

café da manhã hotelaria - atendimentoO regime de alimentação all inclusive garante refeições e bebidas 24 horas por dia. Ou seja, além de café da manhã, almoço e jantar, também são oferecidos lanches, petiscos, sobremesas, itens de frigobar etc. Além disso, outro diferencial é a inclusão de bebidas não-alcoólicas e alcoólicas (neste caso, é comum que algumas regras sejam estabelecidas).

Esse tipo de regime de alimentação é comum principalmente em estabelecimentos localizados em praias. Afinal, em estabelecimentos praianos o hóspede passa boa parte do dia no próprio hotel. No entanto, é claro que você pode oferecer o serviço all inclusive mesmo que  seu estabelecimento não fique no litoral. Para isso, porém, é importante fazer alguns cálculos e definir um preço justo e que cubra todos os seus custos, para não ter prejuízo.

Agora que você já conhece bem todos os regimes de alimentação, pode revisar sua política de serviços gastronômicos e, quem sabe, repensar a forma como oferece esses serviços aos seus clientes.

Se seu estabelecimento ainda não possui um regime de alimentação definido, esperamos que o artigo de hoje tenha ajudado você a decidir qual a melhor forma de lidar com a gastronomia em sua propriedade. 

Sucesso!

Imagens: Envato Elements

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 2
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Regimes de alimentação na hotelaria: tudo o que você precisa saber está aqui!"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo