Nossas Sugestões

Tipos de programas de fidelidade e como escolher o melhor modelo

Tipos de programas de fidelidade e como escolher o melhor modelo

Por Redação Blog Gazin Atacado • 19/03/18

Recentemente, publicamos aqui no blog um artigo falando sobre os benefícios dos programas de fidelidade para o varejo*. Mas para conseguir resultados efetivos, é importante saber escolher a melhor estratégia nesse sentido. Para ajudá-lo nesse processo, hoje apresentamos cinco tipos de programas de fidelidade e revelamos como identificar o modelo ideal ao seu negócio. Acompanhe!

*Clique aqui para ler.

Tipos de programas de fidelidade

Basicamente, os programas de fidelidade variam de acordo com o sistema de pontuação utilizado e com as recompensas oferecidas. Estes são alguns dos principais modelos:

1 – Sistema simples de pontuação

tipos de programas de fidelidade

Esse é um dos tipos de programas de fidelidade mais comuns. Nele, o cliente ganha pontos pelas compras e, quando acumula uma certa quantidade de pontos, pode ter acesso a recompensas.

Esse modelo é recomendado para empresas que querem incentivar os clientes a aumentarem a frequência de compra. Afinal, é preciso comprar várias vezes para acumular os pontos que dão direito a recompensas.

  Dica! Tenha um sistema de pontuação simples e direto. 

Se o cliente tiver que esperar muito tempo para acumular os pontos ou se o processo de aquisição dos pontos e troca por recompensas não for claro, os consumidores não verão vantagem em participar do programa.

2 – Sistema de níveis de recompensas

tipos de programas de fidelidadeNesse modelo, o cliente ganha um incentivo básico para participar do programa de fidelidade e, quanto mais ele compra, melhores são as recompensas. É o sistema ideal para quem busca fidelizar clientes.

Por exemplo:

  • Cliente se cadastrou no programa? Tem direito a entrega gratuita.
  • Atingiu X pontos? Passa a ter direito a 5% de desconto.
  • Acumulou uma quantidade Y de pontos? Suas compras passam a valer o dobro da pontuação e eles podem trocar pontos por brindes.

★  Dica! Crie categorias dentro do programa.  

Para ajudar o cliente a visualizar as possibilidades que o programa oferece, é interessante criar categorias, que são as etapas que os consumidores irão alcançado.
Exemplo: cliente bronze; cliente prata; e cliente ouro.
Outra ideia é transformar esse tipo de programa em um jogo, em que o cliente vai passando de fases.

3 – Cobrança para acesso ao programa

tipos de programas de fidelidadeNesse modelo, o cliente paga uma taxa para poder participar do programa e ter acesso a serviços e condições exclusivas. É como se ele fizesse parte de um grupo especial de consumidores.

Pode parecer estranho dizer que o cliente terá que pagar para ter acesso ao programa de fidelidade. Mas, acredite: essa fórmula pode ser muito útil em alguns negócios, especialmente aqueles que buscam oferecer benefícios exclusivos e coletar informações dos clientes.

A Amazon, por exemplo, cobra uma taxa para os clientes participarem do programa Amazon Prime. Participando do programa, os clientes têm direito a entrega gratuita e acesso a serviços exclusivos.

★  Dica! Faça o investimento valer a pena.  

A Amazon percebeu que seus clientes valorizavam a entrega grátis e ofereceu esse serviço como um dos principais benefícios de seu programa de fidelidade. Para os compradores frequentes, vale a pena pagar a taxa para poder ter entrega gratuita. Entenda o que o seu cliente mais valoriza e ofereça como um serviço exclusivo ou premium.

4 – Recompensas beneficentes

tipos de programas de fidelidadeNão são apenas produtos e preços que contam no relacionamento entre marcas e consumidores; os valores que sua empresa defende também fazem diferença para que um consumidor seja fiel à sua loja. E esses valores também podem ser trabalhados no programa de fidelidade, em um modelo que oferece recompensas beneficentes.

Nesse tipo de programa de fidelidade, os clientes podem ajudar uma causa ou entidade por meio das suas compras.

Exemplos:

  • X% do total das compras feitas por participantes do programa de fidelidade na loja serão doados a uma instituição de caridade.
  • A cada X reais que os participantes do programa de fidelidade gastarem na loja, Y% é revertido em doações para uma causa.

★  Dica! Faça o cliente sentir que ele está fazendo a diferença. 

Mostrar ao cliente que a compra dele contribuiu para defender uma causa é uma excelente recompensa a se oferecer. Desenvolva esse tipo de programa de forma que o cliente sinta que é parte de um movimento em prol dos valores que ele defende.

CLIQUE AQUI e aprenda mais sobre a importância dos valores da sua marca no relacionamento com os clientes.

5 – Parceria com outras empresas

Para oferecer um programa de fidelidade mais abrangente em termos de recompensas, sua loja pode fazer parcerias com outros negócios. Nesse modelo, cria-se uma rede de recompensas que o cliente pode escolher.

Alguns exemplos de parcerias nesse sentido:

  • Indústrias fornecedoras dos produtos podem oferecer garantia estendida ou manutenção gratuita para os integrantes do programa de fidelidade.
  • Agências de viagens (ou outras prestadoras de serviços) podem sortear uma viagem (ou outro serviço) entre os participantes do seu programa.
  • Outros negócios da sua região podem se unir para criar uma rede de recompensas integradas.

★  Dica! Busque parcerias alinhadas às preferências dos seus clientes. 

É importante que as parcerias ofereçam vantagens atrativas para o seu público e estejam alinhadas ao seu negócio. Se a sua loja vende câmeras fotográficas, por exemplo, você sabe que seu cliente tem interesse nesse produto. Que tal fazer parceria com uma escola de fotografia para oferecer um curso básico sobre como tirar boas fotos?

⇒ Para aprender mais sobre como fazer parcerias no varejo CLIQUE AQUI.

Como escolher o melhor modelo de programa de fidelidade para sua loja

tipos de programas de fidelidade

Agora que você já conhece os diferentes tipos de programas de fidelidade, precisa entender como definir qual utilizar em sua loja. Aí vão algumas dicas para ajudá-lo nessa escolha:

 Entenda o perfil dos seus clientes. Esse é o primeiro passo para saber qual é o melhor modelo de programa de fidelidade para sua loja. Conhecendo as preferências e o perfil dos seus consumidores, ficará mais fácil entender qual estilo de programa eles preferem e quais recompensas são mais atrativas para eles.

★ Faça testes com diferentes modelos. Você pode misturar diferentes tipos de programas de fidelidade. O importante é testar os modelos e ver os resultados na prática. Nesse sentido, medir indicadores como número de adesão ao programa, frequência de compras de um mesmo cliente e valor gasto pelos participantes também pode ajudar a identificar o tipo de programa de fidelidade mais eficiente.

★ Realize pesquisas de satisfação sobre o programa de fidelidade escolhido. Fazer pesquisas para coletar as impressões dos clientes em relação à eficiência e atratividade do programa também é importante. Pode ser que você descubra que seus clientes gostam do sistema de pontuação simples, mas que querem ter acesso a uma rede de recompensas mais ampla.

Recapitulando

Já ensinamos aqui no Blog do Varejo:

1) Como montar um programa de fidelidade (clique aqui para ler).

2) Quais são as recompensas que os clientes mais valorizam (clique aqui para ler).

3) E (neste artigo) quais são os tipos de programas de fidelidade.

Agora, é com você!

Compartilhe essas informações com a equipe da sua loja e, em conjunto, pensem nas melhores maneiras de recompensar a fidelidade dos seus clientes por meio de benefícios e recompensas!

Esperamos que essas dicas o ajudem a conquistar muitos clientes fiéis e a aumentar as vendas da sua loja.

Bons negócios!

Imagens: Bigstock

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


3 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 8
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

3

comentários em "Tipos de programas de fidelidade e como escolher o melhor modelo"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo