Nossas Sugestões

Turismo de saúde e bem-estar: teoria, tendências e muito mais!

Turismo de saúde e bem-estar: teoria, tendências e muito mais!

Por Redação Blog Gazin Atacado • 21/05/19

Quando o assunto é turismo, a primeira coisa que vem à mente de muitas pessoas é viajar para conhecer novos lugares, visitar museus, relaxar em praias paradisíacas etc. Porém, existe outra modalidade de turismo que já atrai muitos turistas para o Brasil: o turismo de saúde e bem-estar.

Segundo dados do Ministério do Turismo, o estrangeiro que vem ao país para cuidar da saúde é o que permanece mais tempo – aproximadamente 22 dias –, além de ser o que mais gasta – em torno de US$ 120 por dia.

Ou seja, o turismo de saúde e bem-estar pode ser fonte de oportunidades de investimento para gerar lucros e alavancar a economia nacional. E, consequentemente, o seu estabelecimento.

Para saber um pouco mais sobre o tema conversamos com Marcelo Assad Boeger. Ele é presidente da Sociedade Latino Americana de Hotelaria Hospitalar e Vice-Presidente da AMTSBE – Associação Mundial de Turismo de Saúde e Bem-Estar.

Entre os tópicos abordados na conversa estão:

– O cenário do mercado de turismo de saúde e bem-estar no Brasil.
– Os principais desafios para alavancar esta modalidade de turismo no Brasil.
– As principais tendências na área.
– A relação entre a tecnologia e a hotelaria hospitalar.

Confira a entrevista e aprenda mais sobre este segmento do turismo que vem ganhando força no país!

O que é o turismo de saúde e bem-estar?

Turismo de saúde e de bem-estarMarcelo Assad Boeger

O Turismo de Saúde ocorre quando o objetivo e a motivação do ato de viajar está ligado a tratamentos médicos, cirúrgicos ou para qualquer tipo de cuidado ligado à esfera da saúde.

Ou seja, os “turistas pacientes” e seus acompanhantes têm acesso a destinos com hospitais de qualidade e renome internacional e com preços que normalmente são mais baixos que em seus países de origem.

Outras motivações que também podem ser relacionadas são:

– Possíveis restrições legais para determinados tratamentos nos países em que os pacientes vivem. Na área de fertilização e reprodução humana, por exemplo;
– O desejo de proteger a privacidade do paciente por conta do tratamento.

Como está o mercado de turismo de saúde e bem-estar no Brasil?

Embora o turismo de saúde venha crescendo no Brasil, alguns fatores desaceleram este crescimento e impactam nos resultados. Dentre eles, destacam-se:

– Alto custo da mão de obra e dos serviços médico-hospitalares;
– Aumento da instabilidade cambial;
– Crescimento da insegurança pública.

Por outro lado, existem diversos hospitais com certificações internacionais no Brasil e com estrutura de alta complexidade, além de um excelente corpo clínico.

Quais são os principais desafios para alavancar o turismo de saúde e bem-estar no Brasil?

Não basta apenas ter bons hospitais para esta alavancagem. Para isso, é necessária uma infraestrutura que garanta ao turista um planejamento integrado de todo cluster – companhias aéreas, agências especializadas em turismo médico, hotéis e hospitais.

Ou seja, é necessário trabalhar de forma coordenada, criando sinergias e posicionando o país, promovendo seu destino nos mercados de origem.

Nos países de maior destaque neste segmento, ocorre uma participação público privada, e o movimento é do próprio país em se promover como destino médico e se fazer conhecido.

Como superar essas dificuldades?

As empresas envolvidas e que fazem parte do cluster devem conversar regularmente e criar em conjunto produtos que sejam competitivos.

Também é importante que hospitais busquem Acreditações Internacionais. Afinal, isso ajuda a tirar desconfianças do estrangeiro quanto à seriedade e qualidade de nossos hospitais.

Além disso, a melhoria da comunicação em relação ao idioma do público a ser atendido deve ser uma busca contínua. E isso é importante tanto nos meios de hospedagem, como também dos hospitais.

Aliás, sobre isso, é importante que se tenha em mente que vale não somente na comunicação verbal entre os clientes e a linha de frente, mas também nas sinalizações internas e documentos traduzidos para inglês e espanhol. Afinal, isso apoia na compreensão de informações importantes sobre apólice do seguro e como utilizar seu plano internacional, assim como nos documentos da Instituição de saúde que necessitem de consentimento informado.

Leia também!

Como se preparar para receber hóspedes estrangeiros

Quais são as principais tendências no mercado de turismo de saúde?

gerente de hotel

Criar uma demanda organizada nos principais polos de saúde do Brasil e ter o destino cada vez mais compreendido por quem presta o serviço.

Além disso, podemos incluir como tendência o foco na experiência do paciente e o acompanhamento de toda a jornada que ele participa – considerando aspectos de hospedagem, entretenimento e acesso às informações.

Leia também!

Guia para entender a jornada de compra na hotelaria
Guia para entender a jornada de compra na hotelaria – Parte II

Qual é a relação entre o turismo de saúde e bem-estar e a hotelaria
hospitalar?

Os hospitais que atuam com a hotelaria como um departamento dentro do hospital desenvolvem níveis de serviços adequados às expectativas destes clientes, melhorando o nível de hospedagem e criando serviços adequados às suas necessidades.

Normalmente, as parcerias com os hotéis e agências de turismo especializadas passam pelo gestor de hotelaria do hospital, que é o responsável em atender às demandas não assistenciais.

Leia também!

Como desenvolver parcerias na hotelaria e atrair mais hóspedes
4 exemplos de parcerias na hotelaria que deram muito certo

Quais foram as principais mudanças que a hotelaria hospitalar sofreu nos últimos anos?

Houve uma grande profissionalização neste mercado recentemente. Os melhores hospitais do país têm um programa de hotelaria bem definido, com orçamentos claros e parcerias estratégicas com empresas terceirizadas de facilities. Além disso, a área de qualidade do hospital também alavancou os serviços de hotelaria, colocando-a como estratégica na segurança do paciente.

Como a tecnologia tem afetado a hotelaria hospitalar?

Precisamos de mais tecnologia, tanto do “balcão para fora” como do “balcão para dentro” de hotéis e hospitais.

Em ambos, existem tecnologias que favorecem profundamente a relação com o cliente.

Atualmente, é possível, por exemplo, usar o próprio smartphone do hóspede ou paciente para empoderá-lo. Ou seja, para dar a ele acesso mais rápido a serviços e informações relevantes para sua própria hospedagem. Caso, por exemplo, de:

– Room service.
– Pedidos especiais.
– Contratação de serviços extras.
– Abertura da porta.
– Reserva.
– Check in check-out.

Em hospitais, a enfermagem pode ser a mais beneficiada, pois uma hotelaria bem implantada ajuda na assistência ao paciente e a libera de serviços que podem ser derivados da própria hotelaria. Já existem serviços no Brasil em que o próprio paciente, utilizando seu smartphone, consegue iluminar o quarto, ligar televisão, ar condicionado, além de chamar a enfermeira ou pedir um cobertor.

A mesma tecnologia favorece o hoteleiro, podendo conhecer a produtividade de suas equipes, que acabam também tendo métricas para coisas como, por exemplo:

– Higiene de quarto.
– Forração de cama.
– Room service.
– Medir a economia de energia.
– Controlar acesso.
– Entre outros.

Ainda hoje, vemos alguns gestores se apoiarem ainda nas planilhas de Excel, sem um uso compartilhado, resolvendo problemas pontuais e com acesso limitado a informações e indicadores gerenciais.

Leia também!

Como inovar na hotelaria usando a tecnologia
21 ferramentas para ajudar na gestão hoteleira

Quais são as práticas e os conceitos da hotelaria de turismo e negócios que devem ser levados em conta na hotelaria hospitalar?

revenue management

Acredito que a prática de nível de serviços seja um conceito ainda em desenvolvimento.

Nos últimos dez anos, o Revenue Management cresceu e passou a ditar precificação, apoiando os hotéis na maximização de receitas.

Na saúde, a hospedagem é um meio e não um fim. Mas, ainda assim, o valor e a definição do uso do leito podem melhorar e garantir um fluxo mais racional do paciente pelo edifício – planejando sua permanência em conjunto com os serviços multiprofissionais existentes em uma Instituição de Saúde.

Entendo que a hotelaria em hospitais necessite estar ainda mais integrada com as decisões e a tudo que se refere ao tempo de permanência do paciente e seu acesso a serviços. Esta variabilidade afeta custos e as expectativas de pacientes, médicos, planos de saúde e seguradoras de forma a prejudicar o posicionamento de suas marcas no mercado.

Leia também!

O que é revenue management e por que seu hotel ou pousada deveria utilizar essa metodologia
5 passos para começar a utilizar o revenue management em seu estabelecimento
8 dicas para utilizar o revenue management na hotelaria com mais eficiência

Gostaria de acrescentar alguma coisa sobre turismo de saúde e bem-estar?  

Sim. Gostaria de convidar a todos a conhecer um quarto de hospital com uma hotelaria 4.0.

Dos dias 21 a 24 de maio – das 13h30 às 19h00 – teremos dentro da Feira Hospitalar um espaço para mostrar o que existe de mais arrojado nesta área. O espaço se chama Facilites Innovation e estará no Pavilhão Verde dentro da Feira. A visita tanto à feira como ao espaço é gratuita!

Interessante, não é mesmo?

Sua missão agora é refletir sobre tudo o que o Marcelo Boeger falou e começar a pensar sobre como atrair hóspedes que visitam sua cidade por motivos de saúde.

Neste sentido, os artigos abaixo podem ser um excelente ponto de partida. Afinal, reúnem informações úteis para você planejar suas ações de marketing para atrair novos hóspedes. Não deixe de ler!

Tendência wellness – A importância do bem-estar na hotelaria
Como atrair mais turistas para sua região fazendo marketing de conteúdo
Como atrair hóspedes internacionais
Como atrair e conquistar viajantes durante a fase de consideração
Dicas para atrair viajantes brasileiros e argentinos

Quer saber mais sobre turismo de saúde e de bem-estar? Fique ligado aqui no Blog do Hotelaria. Em breve publicaremos um artigo com dicas práticas para você atrair e conquistar hóspedes

Sucesso!

Imagem: Ryan Tang para Unsplash

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 9
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Turismo de saúde e bem-estar: teoria, tendências e muito mais!"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo