Nossas Sugestões

Guia prático para aumentar o faturamento das vendas online

Guia prático para aumentar o faturamento das vendas online

Por Redação Blog Gazin Atacado • 10/10/16

Quer aumentar suas vendas online e não sabe por onde começar? Calma, nós podemos ajudar!

10Mas, antes de mais nada, tenha em mente que é importante ter uma estratégia por trás de suas ações. Portanto, crie uma planilha e registre nela suas metas (o que quer atingir, como, até quando, com que recursos, com a ajuda de quem e assim por diante), seu estoque, custos por venda, lucro estimado, entre outros dados relevantes. Essas informações serão fundamentais para o sucesso do seu trabalho na internet. É o primeiro – e, talvez, mais importante – passo nessa caminhada.

Aplicar a Meta ESMART pode ajudá-lo nesse processo. Clique aqui e saiba mais sobre essa metodologia.

Feito isso, que comece a diversão! Abaixo você encontra dicas e reflexões que você precisa fazer para aumentar vendas via internet. Acompanhe e inicie uma nova fase na sua empresa!

>> Atenção! Entenda que não existe fórmula secreta para vender mais – seja online ou offline. As sugestões a seguir fazem parte da receita, mas outros ingredientes devem ser agregados à mistura. No fim deste artigo há sugestões de artigos complementares. Não deixe que seu aprendizado termine ao fim desta leitura!

1) Potencialize seu trabalho com o apoio de ferramentas de baixo custo

Parece óbvio, mas há empreendedores que possuem um sistema de e-commerce em seu site e simplesmente não divulgam aos seus clientes – e ao mundo. Grande erro! Olha a quantidade de oportunidades de baixo custo que você tem à disposição para “colocar a boca no trombone”:

  • Google AdWords: Ferramenta do Google que destaca anúncios patrocinados relevantes aos usuários conforme o que foi digitado na busca. O sistema de busca Bing também possui sua própria versão de anúncios, o Bing Ads.
  • Google Shopping: Já pensou em ampliar sua capacidade de vendas online anunciando no “Mercadão do Google”? Siga o exemplo de grandes marcas e disponibilize seus anúncios neste site.
  • Display Ads: Outra funcionalidade do Google AdWords, na qual você pode anunciar em banners em sites parceiros do Google. O custo é baixíssimo e, para fazer seus banners, basta seguir os passos indicados.
  • Anúncios em mídias sociais: Você pode impulsionar suas publicações a pessoas que [ainda] não curtiram e seguem sua marca em mídias como Twitter, Facebook e Instagram. Cada uma tem uma ferramenta específica. Basta entrar na área de gerenciamento do seu perfil para entender como funciona. Monitore onde está seu público e mãos à obra!

71383-odqcf9-835E essas são apenas algumas ferramentas que você pode usar como suas aliadas!

Ao utilizá-las, lembre-se de destacar benefícios agregados ao que você vende. Informar números, como “50% OFF”, pode conquistar a atenção do cliente em qualquer mídia.

E os títulos dos seus anúncios, estão adequados? Eles têm um impacto enorme nas vendas. Seja em um banner ou em uma “chamadinha” no Google, o título é sempre é a primeira coisa que seu cliente vai ler.

Além disso, para captar a atenção de seu público-alvo, busque frases que motivem o cliente a tomar uma atitude, ou seja, a realizar uma ação, por exemplo:

  • “Compre hoje e ganhe 20% de desconto.”
  • “Faça seu pedido agora e não pague o frete!”
  • “Aceitamos todos os cartões de crédito!”
  • “Descubra o segredo desta novidade.”

Na dúvida, contrate um profissional ou uma agência para ajudá-lo nos primeiros passos. Não encare isso como custo, e sim como investimento. Com ajuda profissional sua capacidade de vendas com certeza vai ser ampliada!

>> Leia também: Como usar o Google para impulsionar seu negócio

workplace-in-flat-design-with-computer-and-web-elements_23-2147560245Mas não basta anunciar…

Tem que convencer! Para isso, garanta uma boa descrição de produtos e serviços na internet. As informações devem ser suficientes para esclarecer as dúvidas dos potenciais clientes e, ainda, despertar neles a vontade de comprar o que você expõe na vitrine virtual.

>> Saiba mais: Marketing de Conteúdo para lojistas

Incentive depoimentos de clientes

appreciationSegundo pesquisa divulgada no relatório da Confiança Global em Publicidade, elaborado pelo grupo Nielsen, mais de 70% dos consumidores confiam na opinião de terceiros quando fazem uma compra online.

Portanto, disponibilize, ao final de cada produto, um campo que permita ao cliente avaliar o produto em si e a entrega, assim como emitir um depoimento. Isso aumentará a confiança do próximo cliente e as chances de ele fechar uma compra com você.

>> Leia também: 5 dicas para passar credibilidade em sua loja virtual 

2) Use as redes sociais a seu favor

infographic-about-social-networks_23-2147572953Você sabia que o Instagram possui a maior média de valor de venda para anunciantes entre todas as mídias sociais? São US$ 65 por negócio, aproximadamente. Por outro lado, cerca de 85% de todas as vendas que acontecem por meio desses canais vêm do Facebook.

O que isso significa? Que há um mar de oportunidades a ser explorado por você!

Praticamente todas as plataformas de e-commerce têm integração com o Facebook. Consulte sua plataforma e avalie essa possibilidade. Quer um exemplo? Veja como integrar o PagSeguro ao Facebook.

Agora, se você vende peças um pouco mais caras e quer aproveitar o potencial de ticket de venda elevado do Instagram, conheça plataformas como Like2Buy e Soldsie.

3) Crie uma lista de e-mails de clientes – e comunique-se com essa base

E-mail marketing – quando bem feito – dá resultado! Para começar a enviar ofertas por e-mail, você pode criar um link no site para que os visitantes se cadastrem – voluntariamente – para receber ofertas. Pode também utilizar o e-mail de uma compra para cadastrá-los na lista. Ou, ainda, pedir o e-mail ao fechar uma compra na loja física. Entre outras alternativas…

emailAgora, há algumas regras para ter uma lista de e-mails eficaz:

  1. Não entupa a caixa de entrada do cliente.
  2. Permita que ele opte por não receber mais e-mails – deixe isso claro no fim de cada e-mail enviado.
  3. Tente disparar e-mails personalizados.

Ao todo, 68% dos brasileiros com acesso à internet já fizeram compras após ler uma oferta por e-mail. Aproveite esse potencial, pois ao criar uma mailing list, você pode ainda…

Reverter o problema do abandono de carrinho

shopping-online-background_1156-96Se o seu site tem uma boa ferramenta de e-commerce, é possível que ela ofereça o recurso de análise de produtos que os clientes “pegaram na prateleira”, mas não concluíram a compra. Com isso, você pode disparar e-mails oferecendo o produto novamente.

Aliás, aproveite sua lista de e-mails para convidar o cliente que fechou negócio a deixar um depoimento na descrição do produto no site. Isso ajuda a passar confiança para o próximo cliente que visitar o site.

Finalmente, seja em seu site, via e-mail, anúncio em mídias sociais ou ferramentas de busca, tenha foco. Invista em seus produtos carro-chefe e coloque-os em destaque. Dessa maneira, suas conversões online certamente vão multiplicar.

Saiba mais

Se o e-commerce ainda parece um bicho de sete cabeças para você, mas ao mesmo você sabe que é importante investir nesse canal de vendas, continue estudando agora que terminou de ler o artigo de hoje. Os textos linkados abaixo trazem outras dicas importantes para o crescimento das suas vendas pela internet. Não deixe de ler!

>> Guia do e-commerce para o pequeno varejista

>> Como reverter o abandono de carrinho no e-commerce

>> E-mail marketing e vendas – uma relação de sucesso

>> A experiência do usuário no e-commerce – O que é e como aplicar em sua loja online

 

Sucesso!

Imagens: Freepik; Flaticon

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


2 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 8
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

2

comentários em "Guia prático para aumentar o faturamento das vendas online"

Comentar

  1. João paulo disse:

    Ótimo conteúdo, este artigo vai potencializar o negocio de muitas pessoas.

Em destaque no Blog do Varejo