Nossas Sugestões

4 dicas para vender eletrônicos na Cyber Monday

4 dicas para vender eletrônicos na Cyber Monday

Por Redação Blog Gazin Atacado • 11/10/19

Reunimos neste artigo quatro dicas para ajudá-lo a vender eletrônicos na Cyber Monday. Afinal, esta é uma segunda-feira perfeita para isso. Confira!

Nos últimos anos, o calendário do varejo ganhou algumas datas adicionais entre novembro e dezembro. Além do Natal e da Black Friday, os lojistas agora também podem aproveitar a movimentação de vendas gerada pela Cyber Monday.

Você já conhece essa data e sabe do que ela se trata? Neste artigo, vamos explicar como a Cyber Monday funciona, qual é o objetivo desta data e de que maneira sua loja (seja ela física ou online) pode aproveitar essa ocasião para vender mais.

Interessado? Então, leia as informações a seguir e prepare-se para aproveitar ao máximo essa oportunidade extra de atrair e conquistar mais clientes!

Vamos começar esclarecendo:

De onde vem essa tal de “Cyber Monday”?

vender eletrônicos na Cyber Monday

No artigo “Como ir além do desconto e fidelizar clientes na Black Friday” explicamos a origem da Black Friday, realizada na última sexta-feira de novembro e relacionada ao feriado americano do Dia de Ação de Graças.

A Cyber Monday, que acontece sempre na segunda-feira após a Black Friday, tem ligação direta com essa história.

A data foi criada em 2005, pela Federação Nacional de Comércio Americana. Na ocasião, essa foi uma maneira encontrada para que os lojistas online pudessem competir com os descontos que as lojas físicas ofereciam na “sexta-feira negra”. Então, naquela época, a Black Friday acontecia exclusivamente no varejo offline, enquanto a Cyber Monday era realizada pelo e-commerce.

Lembre-se, 14 anos atrás, o comércio eletrônico ainda não era tão estabelecido como hoje, e a “segunda-feira cibernética” nasceu com o objetivo de incentivar os consumidores a comprarem na web.

Mas, como você já deve imaginar, esse cenário mudou!

Com o passar do tempo, cada vez mais os consumidores passaram a utilizar diferentes canais no processo de compra e as limitações entre offline e online se tornaram menos definidas. Então, atualmente, a distinção entre as datas é a seguinte:

➔ A Black Friday é realizada tanto por lojas físicas quanto por e-commerces.
➔ Já a Cyber Monday continua prioritariamente ocorrendo na web. No entanto, muitas lojas físicas também vêm aproveitando essa ocasião para movimentar as vendas.

Afinal, os clientes de hoje em dia não veem distinção entre o ambiente online e as operações fora da internet. Tudo faz parte de um mesmo processo de compra, e eles esperam ter acesso às mesmas condições sempre – seja no varejo físico ou no online. 

Como vender eletrônicos na Cyber Monday

Talvez por conta das suas origens no ambiente online, os itens mais vendidos e procurados na Cyber Monday são os eletrônicos. Em geral, produtos de telefonia, informática e eletrodomésticos são o foco das ofertas dessa data.

Se o seu negócio vende esses tipos de produtos, não pode perder essa oportunidade de atrair mais clientes, movimentar o estoque e aumentar o faturamento.

Pensando em ajudá-lo a destacar o seu negócio na Cyber Monday, a seguir, listamos algumas dicas importantes sobre como vender mais produtos eletrônicos. Confira!

Dica #1 para vender eletrônicos na Cyber Monday:
Destaque os benefícios – e não apenas as características técnicas

conquistar o consumidor mobileQuando se trata de oferecer produtos tecnológicos, um erro que muitos lojistas cometem é focar apenas nas informações técnicas. Para efetivamente convencer o cliente, é importante mostrar de maneira mais direta de que forma o produto vai ajudá-lo.

Por exemplo:

– Na descrição de uma câmera fotográfica, além dos dados técnicos – como tamanho da lente, pixels etc. –, ofereça algumas informações práticas. Tais como: “essa câmera é recomendada para fotógrafos amadores e profissionais”; “ideal para fotografias noturnas”; “leve e prática para carregar em viagens”; e assim por diante.

E esse conselho também vale para lojas físicas. Neste caso, é importante treinar os vendedores para que eles entendam como traduzir as informações técnicas em benefícios reais para os clientes.

Leia também:

Como apresentar melhor os produtos do seu e-commerce
O papel do vendedor na venda de produtos tecnológicos

Dica #2 para vender eletrônicos na Cyber Monday:
Entenda o processo de decisão de compra de eletrônicos

Entender qual é o caminho que os clientes fazem na jornada de compra de eletrônicos pode ser fundamental para guiar as suas ações da Cyber Monday.

Segundo o especialista em Marketing Philip Kotler, as etapas da compra são:

Reconhecimento do problema. O consumidor percebe que tem alguma necessidade e/ou precisa resolver um problema.
Busca de informação. O cliente quer informações sobre o que poderá ajudá-lo a suprir sua necessidade e/ou resolver seu problema.
Avaliação das alternativas. O consumidor avaliará as características e os benefícios dos produtos disponíveis para identificar os mais adequados para resolver seu problema.
Decisão de compra. A decisão sobre qual item levar é finalmente tomada. No entanto, nessa etapa, muitos clientes percebem que os recursos do produto não são compatíveis com suas necessidades, então repetem algumas fases anteriores.
Pós-compra. Depois de comprar, o consumidor vai analisar se a opção escolhida realmente supriu suas necessidades. Insatisfações dos clientes nessa fase podem ser causadas pelo mau funcionamento do item ou porque o produto não era o que ele esperava. 

Mesmo durante promoções rápidas e temporárias, como a Cyber Monday, todos esses passos também ocorrem durante a jornada de compra de eletrônicos. Com isso em mente, você deve garantir que o seu site (ou seu time de vendas, se tiver uma loja física) esteja preparado para oferecer informações relevantes para cada uma dessas fases do processo de decisão de compra.

Leia também:

Entenda o processo de decisão da compra de eletroeletrônicos

Dica #3 para vender eletrônicos na Cyber Monday:
Ofereça informações relevantes sobre os produtos

marketing para dispositivos móveisPara destacar sua loja durante a Cyber Monday e vender mais eletrônicos, é importante oferecer informações que ajudem os clientes em seu processo de decisão de compra.

É claro que nessa data as pessoas estarão guiando suas pesquisas pelos descontos oferecidos pelas lojas. No entanto, isso não significa que o seu negócio deva se limitar apenas a essa questão. Afinal, os consumidores não querem apenas pagar mais barato e depois acabar não usando o produto ou perceber que o item não é o que eles buscavam – isso é jogar dinheiro fora. Eles querem pagar mais barato pelo produto certo.

Algumas ideias nesse sentido:

– Faça um texto ou vídeo comparando diferentes marcas ou modelos de um mesmo produto, mostrando os benefícios de cada opção. Por exemplo: “Conheça as diferenças entre as funcionalidades dos smartphones X e Y”; “Televisão da marca A x marca B: qual é a melhor?”.
– Liste os principais problemas que determinado produto ajuda a resolver. Por exemplo: “X tipos de receitas que este liquidificador pode fazer”; “X maneiras de conseguir fotos melhores com a câmera Y”. 

Leia também:

Guia de marketing de conteúdo para lojistas

Dica #4 para vender eletrônicos na Cyber Monday:
Use o histórico de compras e os dados dos clientes para personalizar as ofertas

8 perguntas que vão ajudá-lo a vender maisDurante a Cyber Monday, os consumidores estarão recebendo promoções de lojas de todo o Brasil. Portanto, a personalização das suas ofertas pode ser a melhor saída para destacar o seu negócio em meio a essa avalanche de descontos!

Afinal, melhor do que receber um desconto para comprar um smartphone qualquer, é ter acesso a um preço especial para adquirir um smartphone que você já vinha namorando há muito tempo. Concorda?

É por isso que personalizar suas ofertas na Cyber Monday pode ser uma estratégia muito eficaz para aumentar as chances de os consumidores escolherem a sua loja para comprar nessa data.

Estas são algumas formas de realizar essa personalização:

– Avalie clientes que abandonaram o carrinho de compra em sua loja online e envie um e-mail com descontos especiais para os itens que eles deixaram de comprar naquela ocasião. Por exemplo: “Essa é a sua chance de comprar a televisão X com um preço imperdível!”.
– Liste os consumidores que compraram determinado produto nos anos anteriores e envie descontos para eles atualizarem tais itens. Por exemplo: “Que tal renovar o seu smartphone da marca Y? Os novos modelos estão com X% de desconto nessa Cyber Monday!”.

Leia também:

Como reverter o abandono de carrinho no e-commerce
Personalização no varejo: você está fazendo certo?

EXTRA:
DICAS DOS ESPECIALISTAS PARA VOCÊ VENDER ELETRÔNICOS NA CYBER MONDAY!

1) O vendedor/a loja online precisa mostrar que sabe tanto quanto o cliente

objeção Estou só dando uma olhadinha Leandro Branquinho, consultor especialista em criatividade em vendas, aponta:

“É muito comum que o cliente entre na loja já sabendo muitas informações sobre um produto de tecnologia. O vendedor que não tem o mínimo de conhecimento não terá a mínima confiança do cliente. Simples assim.”

Leia o artigo escrito por Branquinho e saiba mais!
A criatividade como aliada para a venda de produtos de tecnologia

2) Paixão por tecnologia é fundamental

 O palestrante especialista em varejo e consumo Fred Rocha indica:

 “Por que você acha que a Apple só contrata apaixonados por produtos da sua marca? É porque isso faz a diferença! Para vender tecnologia, o vendedor tem que ser apaixonado por isso; ele tem que estar o tempo inteiro se atualizando e se mostrando interessado pelas novidades, em saber o que está acontecendo no mercado.”

Leia o artigo escrito por Rocha e saiba mais!
Como preparar seus vendedores para vender produtos tecnológicos

E aí, pronto para vender eletrônicos na Cyber Monday?

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 4
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "4 dicas para vender eletrônicos na Cyber Monday"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo