Nossas Sugestões

Como usar vídeos curtos nas redes sociais

Como usar vídeos curtos nas redes sociais

Por Redação Blog Gazin Atacado • 16/10/17

Recentemente, canais como Instagram e Facebook reforçaram suas funcionalidades de vídeo. Para ajudá-lo a acompanhar essa tendência, apresentamos a seguir dicas importantes sobre como utilizar vídeos curtos nas redes sociais. Confira e entenda como essa ferramenta pode ser facilmente utilizada nas ações de marketing da sua loja.

A importância dos vídeos

  • Estudos da Cisco apontam que, em 2019, os vídeos serão responsáveis por mais de 80% de todo o tráfego na internet.
  • Em uma pesquisa feita pela empresa de vídeo Brightcove, 67% dos entrevistados disseram que assistem mais vídeos nas redes sociais do que há um ano.
  • 46% dos participantes relataram que compraram algo depois de assistir a um vídeo de uma marca.

vídeos curtos nas redes sociais

Mas enquanto os consumidores estão assistindo mais vídeos, as empresas ainda estão se adaptando e buscando descobrir o que realmente funciona nesses canais.

Nesse sentido, é fundamental entender que, em plataformas como Facebook e Instagram, destacam-se os conteúdos dinâmicos, que conseguem captar a atenção do usuário. Por isso, os vídeos curtos nas redes sociais são uma excelente maneira de chamar atenção do público e fortalecer sua marca!

Como utilizar vídeos curtos nas redes sociais

Quer se comunicar de maneira mais efetiva com seus clientes? Aposte na utilização de vídeos curtos nas redes sociais! Precisa de ajuda para iniciar esse trabalho? Aqui vão 7 dicas preciosas! 

1 – Instagram Stories

vídeos curtos nas redes sociaisO Stories é uma funcionalidade do Instagram que permite que os usuários publiquem vídeos e fotos temporários. Os vídeos podem ser veiculados no perfil da marca ou enviados a seguidores específicos. Ao “fazer stories” no perfil da sua loja, o vídeo aparecerá no topo do Instagram e terá uma grande chance de ser visto pelos seguidores.

Este, inclusive, é o “formato da vez”! Desde o lançamento, o Instagram Stories já alcançou mais de 200 milhões de usuários únicos por dia, sendo que 70% dessas pessoas seguem pelo menos um perfil empresarial. No Stories, você pode fazer slides de apresentação, desenhos, fotos, texto ou vídeo em movimento.

  • Dica! Um vídeo para o Stories funciona melhor quando gravado na vertical, já que será assistido com o smartphone nessa posição. Perceba que esta é uma orientação diferente de quando o vídeo é gravado para o YouTube, em que o material fica melhor com a imagem na horizontal.

Leia também!

Como produzir vídeos para atrair e engajar consumidores

2 – Vídeos ao vivo

vídeos curtos nas redes sociaisA transmissão de vídeos ao vivo vem ganhando destaque nas redes sociais. Você pode fazer isso tanto pelo Stories do Instagram quanto pelo Facebook Live. Durante a transmissão de vídeos nessas plataformas, os espectadores podem interagir com a marca – e entre si – enviando comentários e/ou curtindo o conteúdo.

Você pode comparar produtos, responder dúvidas ou demonstrar a utilização prática de um item da loja por meio de vídeos ao vivo. 

Leia também!

Como sua loja pode usar o Facebook Live Video para vender mais

3 – Vídeo de ambientes

vídeos curtos nas redes sociaisCorretores de imóveis utilizam vídeos 360º para apresentar as casas à venda. Você pode adaptar essa ideia para mostrar departamentos do seu negócio. Uma possibilidade é fazer vídeos curtos nas redes sociais mostrando os ambientes montados na sua loja – a sala, a cozinha, o quarto etc.

O Facebook permite a publicação de vídeos ou fotos 360º.

4 – Vídeos de novidades

vídeos curtos nas redes sociaisVocê pode fazer vídeos curtos nas redes sociais para apresentar produtos que acabaram de chegar à loja. Por exemplo: recebeu uma televisão bacana? Mostre as funcionalidades de som, imagem etc, por meio de um vídeo.

Nestes vídeos, é fundamental focar nos benefícios dos produtos! Nenhum produto tem valor, a menos que possa fazer algo de especial para o cliente. E o vídeo ajuda a fazer isso! No caso da televisão, em vez de apenas falar que a imagem é melhor do que a do modelo anterior, você pode comparar as imagens, mostrando a evolução do produto.

5 – Vídeos do dia a dia

vídeos curtos nas redes sociaisSabe aquela reunião da equipe superanimada, que rende uma bela foto? Aproveite para fazer um vídeo curto, de no máximo 3 segundos, captando a alegria das pessoas (com a equipe pulando, fazendo “ola” ou acenando). Essa é uma forma simples de humanizar sua marca e mostrar que sua loja é acolhedora.

6 – Vídeos da equipe

vídeos curtos nas redes sociaisAs pessoas preferem fazer negócios com quem elas conhecem ou já viram anteriormente. Por isso, você pode fazer vídeos curtos nas redes sociais apresentando integrantes da sua equipe.

Os profissionais podem dizer o nome, há quanto tempo trabalham em vendas (e na loja), o que mais gostam na profissão, em que produto são especialistas e assim por diante.

7 – Vídeos com depoimento de clientes

vídeos curtos nas redes sociaisSabe aqueles clientes mais leais, que indicam sua loja para todo mundo? Eles podem render ótimos vídeos!

Uma forma criativa de abordá-los é pedindo para que eles contem como a loja esteve presente na vida deles. Por exemplo: nos presentes de casamento, na compra dos móveis do quarto de um filho etc.

Agora é com você!

Boas dicas, não é mesmo? Esperamos que elas possam inspirá-lo a fazer vídeos curtos nas redes sociais para aumentar o engajamento do seu público nessas plataformas.

Lembre-se que não é preciso um grande orçamento para começar a produzir esses conteúdos. Com smartphones simples e informações disponíveis na sua loja já é possível criar vídeos e posts interessantes para as redes sociais. Saiba como lendo estes artigos:

Sucesso! E boas vendas!

Imagens: Freepik; Flaticon

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 3
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Como usar vídeos curtos nas redes sociais"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo