fbpx

Nossas Sugestões

Social Commerce: como usar essa tendência no seu negócio.

Social Commerce: como usar essa tendência no seu negócio.

Por Presença Digital Publik • 24/07/20

Tempo de leitura: 4min.

O que é Social Commerce?

Antes de mais nada vamos começar com a definição de social commerce. Você já ouviu falar a respeito disso?
Se não, esse é o momento certo! Porque logo mais, se você não usá-lo a favor do seu negócio, pode acabar ficando para trás dos concorrentes.

A tradução do termo Social Commerce em português quer dizer, comércio social. Mas na prática esse conceito é bem mais amplo.

Social Commerce é a união entre as redes sociais e a interação que essas mídias proporcionam com a troca de informação sobre o seu produto.

Lembra do antigo boca-a-boca? Pois então. Digamos que Social Commerce é essa relação entre os consumidores nas redes sociais, através de avaliações de compras, de produtos e marcas.

Parece algo muito simples, e é. Mas quero chamar sua atenção para a importância desse novo termo no comércio varejista e como tendência no mercado.

Social Commerce, uma tendência que vai continuar crescendo.

As últimas pesquisas apontam que ocupamos a terceira posição em número de usuários ativos do Facebook, chegando a um total de 111 milhões.

Além disto, os usuários brasileiros  “gastam” em média quase 4 horas conectados por dia, acima da média global (de pouco mais de 2 horas diárias), onde na maior parte do tempo, estamos divididos entre as redes sociais e plataformas de mensagens, como o WhatsApp.

Um outro estudo feito pelo SPC Brasil apontam que nove em cada dez brasileiros com acesso à internet tem o hábito de pesquisar on-line antes de realizar compras em lojas físicas.

Esses dados mostram que o comportamento do consumidor vem mudando completamente com o uso da internet. Por isso, é muito importante que os empreendedores e donos de negócios comerciais estejam atentos para inovar e investir nessa nova forma de se relacionar com os seus consumidores.

Como usar o social commerce no seu negócio

Mais do que vender pela internet, o social commerce está mais relacionado com a experiência do consumidor compartilhada nas redes sociais. Tem a ver com as avaliações e indicações entre os consumidores.

Um cliente insatisfeito pode manchar o nome de uma marca nas redes sociais. Da mesma forma que, uma avaliação positiva sobre determinada marca ou produto pode aumentar significativamente as vendas de uma loja.

Ter a marca presente nas redes sociais, vai além de ter uma página no Facebook, Instagram e afins. É preciso se relacionar com o seu público e possibilitar uma experiência de compra diferenciada para o consumidor.

As youtubers e influencer são um grande exemplo de social commerce. Elas fazem reviews de produtos como roupas, calçados, utensílios domésticos e comidas e através da sua recomendação e influência digital, conseguindo fazer com que as empresas aumentem suas vendas.

Percebe nesse exemplo como as pessoas são influenciadas pela experiência e opinião das outras? Era o que o boca-a-boca fazia antes, mas agora ele acontece nas redes sociais. Com uma visibilidade e velocidade bem maior. 

As próprias redes sociais quando perceberam as possibilidades de vendas em suas plataformas, começaram a investir mais nas suas estruturas, e hoje possibilitam que você crie sua loja virtual dentro delas, como é o caso do Facebook e Instagram.

Outra vantagem é que elas abrigam grande parte da população, possibilitando o acesso às pessoas que ainda não conhecem seu negócio e que tem potencial de vir a ser um cliente do seu produto.

Leia também:

Tudo o que você precisa saber sobre marketing e comunicação para e-commerce está no nosso curso gratuito!

 

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 0
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Social Commerce: como usar essa tendência no seu negócio."

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo