Nossas Sugestões

3 motivos para aproveitar a Black Friday e driblar a crise no varejo

3 motivos para aproveitar a Black Friday e driblar a crise no varejo

Por Redação Blog Gazin Atacado • 26/10/15

Na semana passada, apresentamos neste post aqui as falhas que todo lojista precisa evitar na Black Friday. Mas se você acha que o fato de fazer ações de Black Friday seja, em si, um grande erro (por causa da situação econômica do Brasil), iremos lhe mostrar hoje que não é bem assim. 

Apresentamos, a seguir, três motivos e algumas estatísticas que mostram que vale a pena realizar ações de Black Friday! Você vai ver que dá para aumentar suas vendas mesmo com a crise que o país vive!

1. Última chance para vender eletrônicos isentos do PIS/Cofins 

dicas black friday 1Atualmente, como parte do Programa de Inclusão Digital, smartphones, tablets, notebooks, computadores, modems e roteadores digitais têm as alíquotas de PIS e Cofins reduzidas a zero para venda no varejo.

Mas esse cenário vai mudar a partir do dia 1º de dezembro deste ano, quando os impostos voltam a ser aplicados nesses produtos. Com isso, eletrônicos fabricados no Brasil que custam até R$ 1.5 mil passam a receber tributos entre 3,65% e 9,25%. 

Como a Black Friday acontece na última sexta-feira de novembro, a lei ainda não estará em vigor e, por isso, mesmo que novas promoções sejam realizadas no futuro, os descontos dificilmente serão tão grandes e deixarão os produtos tão baratos quanto neste dia 27/11. Sabendo comunicar isso, você pode ter bons resultados em vendas de eletrônicos nesse período.

–> Quer dicas para vender produtos tecnológicos? Leia este post!

2. Os consumidores brasileiros estão propensos a comprar na Black Friday 

dicas black friday 2De acordo com uma pesquisa realizada pelo Zoom, site de comparação de preços, 71% dos consumidores brasileiros pretendem comprar na Black Friday se encontrarem bons descontos. Além disso, 28% disseram que vão comprar com certeza e 64% afirmaram querer antecipar as compras de Natal nesta ocasião.

Os seus clientes do ano passado podem voltar esse ano, já que, ainda segundo o estudo, 99% dos consumidores que compraram na Black Friday de 2014 disseram que irão comprar novamente na deste ano. 

A previsão de valor gasto por cliente também é bem animadora! Entre os entrevistados, 71% pretendem gastar mais de R$ 1.000,00 e 27% esperam investir entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00. 

3. As vendas na Black Friday vêm crescendo a cada ano no Brasil

dicas black friday 3O crescimento no faturamento em vendas realizadas nas Black Fridays desde 2010, quando o Brasil entrou na onda pela primeira vez, mostra que essa é uma data que se consolida cada vez mais no comércio brasileiro. Veja a evolução:

  • 2010: R$ 21 milhões
  • 2011: R$ 100 milhões
  • 2012: R$ 243 milhões
  • 2013: R$ 770 milhões
  • 2014: R$ 1.160 milhões

A previsão é que, neste ano, as vendas aumentem 15% em relação à última edição, chegando a mais de R$ 1.300 milhões em vendas. 

Sua loja vai contribuir para essa estatística? 

Fique ligado aqui no blog que, em breve, mostraremos grandes dicas sobre como aproveitar a Black Friday para vender mais!

Informações:
Tecmundo
Jornal do Comércio
Gazin Atacado
 
Imagens: freepik

 

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


1 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 3
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

1

comentários em "3 motivos para aproveitar a Black Friday e driblar a crise no varejo"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo