Nossas Sugestões

Como é feita a classificação por estrelas na hotelaria

Como é feita a classificação por estrelas na hotelaria

Por Redação Blog Gazin Atacado • 15/06/17

Uma, duas, três, quatro e cinco estrelas. Quando o assunto é a hotelaria, o tamanho da constelação pode indicar o que o hóspede vai encontrar no hotel, pousada, bed and breakfast ou resort de sua escolha. Mas você sabe como é desenvolvida a classificação por estrelas e como essa análise pode ajudar o seu estabelecimento a se destacar e a atrair o público certo? Não? Este artigo vai ajudá-lo a entender melhor esse processo!

Sistema brasileiro de classificação de meios de hospedagem

O Sistema Brasileiros de Classificação de Meios de Hospedagem (SBClass) foi desenvolvido pelo Ministério do Turismo, pelo Inmetro e pela Sociedade Brasileira de Metrologia.

O objetivo é que a classificação por estrelas seja um instrumento de divulgação de informações claras e objetivas sobre os meios de hospedagem.

Para fazer a classificação por estrelas, o SBClass leva em conta uma série de requisitos que o estabelecimento deve atender.

São critérios relacionados aos seguintes itens:

  • Infraestrutura – exigências em relação às instalações e aos equipamentos.
  • Serviços – exigências em relação à oferta de serviços.
  • Sustentabilidade – exigências em relação às ações de sustentabilidade (uso dos recursos de maneira ambientalmente responsável, socialmente justa e economicamente viável, de forma que o atendimento das necessidades atuais não comprometa a possibilidade de uso pelas futuras gerações).

Tipos de meios de hospedagem

A classificação por estrelas tem requisitos específicos para cada tipo de meio de hospedagem. Sendo assim, por exemplo, os critérios para ser um hotel cinco estrelas são diferentes dos critérios para ser um resort cinco estrelas.

classificação por estrelas

Cada tipo de estabelecimento possui seu próprio tipo de classificação por estrelas.

  • Hotel, hotel fazendo e pousadas – podem ter de uma a cinco estrelas.
  • Estabelecimento “Cama e café” (bed and breakfast) – podem ter de uma a quatro estrelas.
  • Hotel histórico e flat/apart hotel – podem ter de três a cinco estrelas.
  • Resort – pode ter de quatro a cinco estrelas.

classificação por estrelasPré-requisitos para classificação por estrelas

Os pré-requisitos de infraestrutura, serviços e sustentabilidade de cada uma das classificações por estrelas variam de acordo com o tipo de hospedagem. Para saber qual critério levar em conta para analisar quantas estrelas o seu estabelecimento deve possuir, acesse o site do SBClass: clique aqui.

Como utilizar a classificação por estrelas para se destacar no mercado

A classificação por estrelas pode ajudar o seu estabelecimento a se destacar no mercado e a atrair o público mais adequado à sua estrutura. Veja como:

Entendimento real da estrutura e dos diferenciais:

classificação por estrelas

A classificação por estrelas vai indicar objetivamente toda a infraestrutura e os serviços oferecidos pelo hotel. Nesse processo de avaliação, você pode descobrir, por exemplo, que o fato de o seu estabelecimento trocar a roupa de cama com mais frequência, ter estacionamento e atendimento 24 horas é um grande diferencial de mercado que merece ser destacado em suas ações de comunicação.

Melhor conhecimento de mercado

classificação por estrelas

A classificação por estrelas também pode ajudar o seu estabelecimento a conhecer melhor seus concorrentes diretos. Seu você possui um hotel três estrelas, por exemplo, já sabe que não tem que concorrer com um resort cinco estrelas – são dois tipos diferentes de meios de hospedagem e que atraem públicos diferentes. Neste caso, você deve, sim, focar em concorrentes que possuam mais ou menos o mesmo número de estrelas e que sejam da mesma categoria que a sua.

Atração do público certo

classificação por estrelas

Mesmo que o seu estabelecimento não alcance as classificações mais altas de estrelas, isso não significa que ele é inferior. Isso porque há público para diferentes tipos de meios de hospedagem. Existem viajantes que procuram uma estadia mais luxuosa, mas também há hóspedes que querem um estabelecimento com serviços mais básicos e práticos.

E LEMBRE-SE: ser mais simples, não significa ser pior. Oferecer o básico com qualidade, inovar em pequenos gestos e acompanhar a movimentação do mercado é mais importante para o seu sucesso do que obter uma classificação de muitas estrelas.

A classificação por estrelas não é obrigatória, mas se você deseja obter o certificado para o seu estabelecimento, acesse o site do SBClass para obter mais informações: www.classificacao.turismo.gov.br

Agora que você já sabe como funciona a classificação por estrelas e entendeu os parâmetros de avaliação de cada estabelecimento hoteleiro, precisa trabalhar para melhorar ainda mais os serviços que presta em seu hotel ou pousada. Muitos dos artigos que já publicamos aqui no Blog da Hotelaria podem ajudá-lo nessa missão. Estes são alguns deles:

Não deixe de ler!

Sucesso!

Imagens: Freepik; Flaticon

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


2 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 7
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

2

comentários em "Como é feita a classificação por estrelas na hotelaria"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo