Nossas Sugestões

A ciência por trás da experiência do hóspede

A ciência por trás da experiência do hóspede

Por Redação Blog Gazin Atacado • 8/08/16

Quer saber como melhorar a experiência do seu hóspede? Que tal, então, “entrar” no cérebro do seu cliente?

Calma, você não precisa ser neurocientista ou médico para entender como a mente do seu público reage a determinados estímulos. Um conhecimento básico sobre alguns conceitos de neurociência já fazem grande diferença. Sabendo disso, apresentamos a seguir alguns dos principais neurotransmissores que atuam na mente de seus clientes e indicamos algumas ações para estimular sensações agradáveis e de felicidade durante a estadia de seus hóspedes em seu hotel ou pousada. Acompanhe!

Para começar: o que são neurotransmissores

Neurotransmissores são moléculas responsáveis pela comunicação no sistema nervoso. Cada neurotransmissor está ligado a determinado tipo de ação, emoção e comportamento – e afetam diretamente nosso humor, estado mental e físico. Esses neurotransmissores são ativados no cérebro de acordo com o que a pessoa está vivendo naquele momento.

Neurotransmissores e suas funções

Saiba quais são algumas das funções dos quatro principais neurotransmissores do cérebro humano e entenda como ativá-los em seus clientes.

Dopamina

satisfação hóspede (5)Responsável pela sensação de prazer, a dopamina estimula a busca constante por aquilo que traz sensação agradável (uma comida gostosa, jogos, etc.). Além disso, ela também está relacionada à memorização. Estudos apontam que o sentimento de satisfação e prazer gerado pela ação da dopamina é associado, no cérebro, a momentos também prazerosos, o que faz com as informações fiquem armazenadas por um período maior em nossa memória.

Serotonina

satisfação hóspede (2)Atua no cérebro regulando humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade a dor, os movimentos e as funções intelectuais. A falta de serotonina pode provocar enxaqueca, insônia, distúrbios alimentares e até depressão.

Ocitocina

satisfação hóspede (4)Tem como funções contrair o útero durante o parto; estimular a libertação do leite materno; desenvolver apego e empatia entre pessoas; produzir parte do prazer sexual; e produzir medo do desconhecido. Popularmente conhecimento como “hormônio do amor”, é responsável por estreitar o vínculo afetivo entre mãe e filho e também está intimamente ligada à sensação de prazer, bem-estar físico e emocional e à sensação de segurança e de fidelidade entre o casal. 

Endorfina

satisfação hóspede (1)A endorfina é considerada um analgésico interno, pois, ao ser liberada, reduz o estresse, a tensão, a ansiedade e também age estimulando a sensação de bem-estar, conforto, bom humor e alegria. Algumas pesquisas afirmam que os efeitos da endorfina são sentidos até uma ou duas horas após a sua liberação. É o que leva ao momento de tranquilidade e paz que os atletas encontram após as atividades físicas, por exemplo.

Como estimular os neurotransmissores de seus hóspedes

Aí vão algumas atividades e ações que você pode realizar em seu hotel para estimular a liberação desses importantes neurotransmissores em seus hóspedes, fazendo com que eles se sintam mais felizes enquanto estiverem em seu estabelecimento.

satisfação hóspede (8)Alimentação

Para ativar a dopamina, ofereça alimentos ricos em uma substância chamada tirosina, como: comidas de origem animal, amêndoas, maçãs, abacates, vegetais de folhas verdes, laticínios, ovos (clique aqui e veja uma lista completa).

Já a serotonina é ativada a partir de alimentos que possuem triptofano – substância a partir da qual esse neurotransmissor é gerado. Ovo, peixe, leite – e seus derivados – são alguns dos alimentos que fazem parte da lista de ricos em triptofano. Outras opções estão disponíveis aqui.

satisfação hóspede (12)Exercícios físicos

Exercícios podem ser úteis na produção de dopamina, serotonina e especialmente da endorfina. Alguns estudos observaram aumento das dosagens de endorfina até 72 horas após exercícios de resistência, tais como uma maratona. Que tal oferecer aulas de corridas e promover maratonas em seu hotel? Se preferir algo mais simples, você pode apostar na instalação de aparelhos de academia na área de lazer.

satisfação hóspede (3)Luz natural

A exposição ao sol é um importante fator para a liberação de serotonina. Por isso, se você quer garantir hóspedes dormindo bem, de bom humor, sem enxaqueca e assim por diante, pode promover atividades ao ar livre para que seus hóspedes possam aproveitar o sol durante a estadia. Pode ser uma festa no jardim ou uma caminhada guiada pela cidade, por exemplo.

satisfação hóspede (9)Meditação

A meditação é uma excelente maneira de estimular a dopamina, a ocitocina e a serotonina. Você pode oferecer aulas de yoga ou uma sala especial para os hóspedes que querem meditar. Além disso, passatempos manuais, que exigem concentração e foco – tricô, desenho, fotografia, etc. – atuam no cérebro de forma semelhante à meditação. Então, promover aulas com atividades desse tipo também pode ajudar na liberação desses neurotransmissores.

satisfação hóspede (7)Pitadas de alegria

Atividades que promovam alegria nos hóspedes irão condicionar a liberação de serotonina. Conhecer as preferências dos clientes e oferecer algo que os agrade pode contribuir nesse sentido. Se, por exemplo, você sabe que seu hóspede gosta de chocolate, que tal deixar uma caixa com um bem especial em cima da cama como presente?

satisfação hóspede (11)Romance

A ocitocina é o neurotransmissor do amor, e para ativá-lo, seu hotel deve promover ações no sentido de estimular o afeto entre os hóspedes. Se um casal está se hospedando em seu hotel, que tal presenteá-loe com um jantar romântico ou um par de ingressos para que eles curtam um show juntos? E for uma família, ofereça uma opção de atividade para que eles realizem em grupo, estimulando a união entre eles.

satisfação hóspede (6)Socialização

Além de exercícios, a socialização é uma das melhores maneiras de liberar a endorfina em nosso corpo. Para estimular a socialização em seu hotel, você pode promover alguns eventos e atividades em grupos, tais como degustação de vinhos, clube do livro, aulas de culinária, etc.

Hóspede feliz é sinônimo de cliente satisfeito. A satisfação dos clientes, por sua vez, aumenta a fidelidade de seu público e fortalece a reputação e a imagem de sua marca. Resumindo: trabalhar bem esses quatro neurotransmissores dos hóspedes irá fazer com que seu hotel tenha clientes fiéis, que voltam sempre e que recomendam sua empresa para os amigos. Demais, não é mesmo? Coloque essas dicas em prática e ajude a espalhar a felicidade e o bem-estar entre seu público.

Informações: Info Escola; Roberto Franco do Amaral; Mundo Boa Forma; Tua Saúde; Wikipedia; Tua Saúde; Assessocor; WikiHow
Imagens: Freepik

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


5 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 12
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

5

comentários em "A ciência por trás da experiência do hóspede"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo