Nossas Sugestões

E-mail Marketing e Vendas – uma relação de sucesso

E-mail Marketing e Vendas – uma relação de sucesso

Por Redação Blog Gazin Atacado • 29/07/14

Sites, aplicativos, YouTube, Facebook, Twitter, Linkedin… No meio de tantas ferramentas muitas vezes fica difícil direcionar a comunicação para um público específico, o público que realmente importa para as suas vendas.

E é por isso que, mesmo com o surgimento de tantos canais de comunicação, o e-mail ainda é uma ferramenta muito importante para o relacionamento entre as empresas e seus consumidores. Com ele, não tem erro: você fala com quem você quer, quando você quer. 

Além disso, este é um recurso acessível a todos os tipos de empresas; das pequenas às grandes lojas; de norte a sul do Brasil.

Com isso em mente, decidimos reunir nesta reportagem (publicada na edição de junho da revista do Atacado Gazin – clique aqui para baixar) alguns motivos para sua loja apostar nessa ferramenta. Também apresentamos dicas para você utilizar o e-mail marketing para se aproximar de seus clientes e vender mais.

Acompanhe!

Motivos para apostar no e-mail como canal de comunicação

Se você ainda tem dúvidas sobre o poder do e-mail marketing para alavancar suas vendas e melhorar o relacionamento com o seu público, veja o que uma pesquisa internacional mostra:

  • 53% dos consumidores dizem estar mais propensos a comprar de uma marca depois de inscreverem-se para receber seus e-mails;
  • 68% dos brasileiros conectados à internet já fizeram uma compra como resultado de uma oferta por e-mail;
  • 68% dos usuários de e-mail consideram a ferramenta como um canal para receber informações mais seletivas e privilegiadas – comparando com o Facebook e Twitter;
  • 87% dos consumidores online verificam seus e-mails pelo menos uma vez por dia.

Principais benefícios do e-mail marketing

olhonoolho.png

1) Olho no olho

Com o e-mail, é quase como se estivesse conversando diretamente com o cliente, e não como se ele estivesse no meio de uma multidão (como acontece com a propaganda de TV, por exemplo). A mensagem é direcionada especificamente para ele.

2) Custo-benefício

custobeneficio.pngSe comparado a valores de propagandas convencionais, como em revistas, jornais e televisão, o e-mail marketing é muito mais barato e proporciona uma comunicação infinitamente mais eficaz e direcionada.

3) Resultados na prática

resultadosnapratica.pngÉ muito fácil medir os resultados dos e-mails marketing. Com essa ferramenta, você consegue ver quantas pessoas estão clicando, quando estão visualizando, quantas estão indo ao seu site clicando nos links do e-mail e assim por diante. Ou seja, consegue medir a eficácia desse canal, podendo fazer ajustes nos tipos de abordagens dependendo dos resultados apresentados.

4) Sustentável

sustentavel.pngAlém de mais barato, o e-mail é um recurso muito mais sustentável que folhetos impressos, por exemplo. Porém, sabemos que existe público para esses dois tipos de abordagem. Portanto, o que você pode fazer para aproveitar-se dessas duas formas de comunicação é equilibrar o investimento entre panfletos e e-mail. O planeta agradece – e seu bolso também!

5) Compartilhável

compartilhavel.pngÉ muito simples para o cliente clicar em “encaminhar” e enviar o seu e-mail para amigos que ele acredita que terão interesse em seu conteúdo. Isso contribui para que a sua mensagem e suas ofertas espalhem-se facilmente por aí. E o melhor: sem custo adicional nenhum, e ainda com o aval do cliente, que está recomendando sua marca. É o boca a boca em tempos de internet.

Como usar o e-mail marketing para se aproximar do público e vender mais

e-mail marketing

Convencido dos benefícios do e-mail marketing? Então saiba que para conseguir alcançar todos os benefícios citados anteriormente você precisa entender como funciona a dinâmica dessa ferramenta. E é sobre isso que vamos falar agora.

Uma campanha de e-mail marketing eficaz deve se basear em quatro pilares: Relevância – Timing – Oferta – Continuidade

Relevância: você precisa conhecer seu público a fundo para oferecer a ele exatamente o que ele busca. Para isso, converse com seus clientes, faça pesquisas de perfil (por e-mail, por telefone, pessoalmente) e descubra quais são as necessidades deles e como o que você vende pode ajudá-los. Com essas informações você estará muito melhor preparado para comunicar-se com eles por e-mail. E os resultados serão os melhores possíveis.

Timing: saiba o momento certo de abordar o cliente para saber o que oferecer. Em um primeiro contato, por exemplo, ainda não é a hora de oferecer um produto, e sim de se apresentar, de construir relacionamento. Com a experiência você vai descobrir quando deve enviar cada tipo de e-mail aos seus clientes. Não tenha medo de errar; o tempo o ajudará nessa missão.

Oferta: ter acesso a ofertas e preços especiais em primeira mão é um dos principais fatores que fazem com que as pessoas assinem e-mails das marcas. Por isso, inclua em seu cronograma de e-mails envios periódicos de oportunidades exclusivas para quem o acompanha pela web. Isso ajudará na fidelização desses clientes e, também, no aumento das vendas.

Continuidade: os e-mails precisam seguir uma lógica de continuidade. Depois que um cliente realizou uma ação no e-mail, você deve continuar a abordagem baseando-se nessa experiência anterior, como em uma conversa mesmo. A ideia é mostrar ao seu cliente que você está o acompanhando.

Baseando-se nesses quatro pilares, estas são as quatro dicas de ações que recomendamos para você:

1. Linguagem dos e-mails

A forma como você vai escrever os e-mails precisa estar totalmente de acordo com o perfil do seu público. A escolha por uma linguagem mais formal ou mais informal vai depender do tipo de cliente com o qual você está tratando. De maneira geral, a linguagem mais solta, mais leve é uma boa pedida. Afinal, deve ser como se você estivesse batendo um papo com seu cliente. Mas, claro, sempre cuide para não usar gírias e palavras de duplo sentido e preste muita atenção para não passar nenhum erro de ortografia.

2. E-mails com conteúdo

Nada mais eficaz para se aproximar de seu cliente do que oferecer a ele conteúdo de seu interesse. Nem sempre você precisa enviar e-mail com ofertas. Intercale as abordagens comerciais e o envio de dicas sobre como usar os produtos, por exemplo. O objetivo é mostrar que o foco é ele, o cliente. Mostre que você o conhece e sabe como ajudá-lo.

3. E-mails com ofertas

Quando chegar o momento de oferecer produtos, faça isso de maneira personalizada. Por exemplo, se você tem o cliente cadastrado e sabe que semana que vem é o aniversário do filho dele, envie e-mail com ofertas de produtos que são interessantes de quem vai ser presenteado.

4. Vendas adicionais

Lembra da continuidade? Então, a melhor maneira de explicar isso é usando o exemplo de venda adicional. Seu cliente comprou um computador? Que tal enviar a ele ofertas de mesas para escritório? Ou então de cadeiras específicas para o trabalho? Assim você não apenas aumenta suas chances de vender mais como também mostra ao cliente que está preocupado com tudo que ele pode precisar.

Ferramentas de CRM (Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Consumidor) podem ajudá-lo na missão de automatizar este sistema. Porém, se você ainda não dispõe de um sistema automatizado pode começar selecionando uma pequena base de clientes para trabalhar de forma manual e bem estruturada. Com o tempo esse trabalho trará resultados financeiros e você poderá investir em uma ferramenta para facilitar o seu trabalho. Pode apostar!

E se você ainda não tem uma lista de e-mails de clientes comece a pedir para que forneçam no momento da compra. Deixe claro que ele irá receber ofertas exclusivas!

Viu só? As possibilidades do uso do e-mail marketing para se aproximar do seu público e potencializar suas vendas são muitas! Aposte nesse ferramenta como parte da estratégia de crescimento de sua loja e veja os resultados aparecerem com o tempo.

Sucesso!

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


15 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 6
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

15

comentários em "E-mail Marketing e Vendas – uma relação de sucesso"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo