Nossas Sugestões

De quem deve ser a missão de gerenciar as redes sociais de sua empresa?

De quem deve ser a missão de gerenciar as redes sociais de sua empresa?

Por Redação Blog Gazin Atacado • 17/10/16

Pode ter certeza: mídias sociais não existem apenas para você marcar território na internet. Elas são um espelho da sua marca na web. E, por isso mesmo, precisam ser levadas a sério. Afinal, você não quer comprometer a reputação da sua empresa por uma gestão mal feita em canais como Facebook, Twitter e Instagram, quer?

Com isso em mente, alguns questionamentos são inevitáveis: quem deve fazer esse trabalho? Devo terceirizar ou cuidar desse conteúdo internamente? Se for terceirizar, para quem devo deixar essa tarefa? E se for internalizar, por onde devo começar?

As respostas a essas dúvidas dependem de seu porte, dos seus objetivos e do orçamento disponível para marketing, mas as orientações que apresentamos a seguir podem ajudá-lo a dar os primeiros passos de maneira mais eficiente. Acompanhe!

Quando contratar uma agência ou profissional de mídias sociais

gestao-de-midias-sociais-6Se você tem uma pequena ou média empresa e não tem profissionais de Marketing e/ou Comunicação na equipe, considere com [muito] carinho a hipótese de contratar uma agência ou um consultor de marketing para cuidar das suas redes sociais.
Se você já destina parte de seu orçamento a ações de marketing off-line ou mesmo online, parte dessa verba deve, a partir de hoje, ser dedicada ao trabalho de mídias sociais.

Isso porque empresas especializadas em gerenciamento de sites e mídias sociais possuem melhores condições de prestar consultoria sobre como ampliar suas vendas na internet fortalecendo sua marca, o que pode ajudá-lo a construir uma estratégia mais consistente nesses canais – que é o que você quer, certo?

O que avaliar antes de contratar uma agência para gerenciar suas redes sociais

Mas assim como você não escolhe um fornecedor qualquer para comprar os produtos que vão compor o mix de produtos da sua loja, não deve contratar a primeira agência que aparecer na sua empresa para fazer a gestão das suas redes sociais simplesmente para resolver isso logo. Antes de decidir para quem passar essa importante tarefa, leve em consideração os seguintes aspectos:

  1. gestao-de-midias-sociais-3Busque engajamento: ao se reunir com agências, solicite estudos de caso e o engajamento que elas vêm conseguindo com usuários através de trabalhos com outros clientes. Qualquer um pode gerenciar uma conta, mas poucas pessoas conseguem fazer empresas terem boa aceitação de usuários, com participação em curtidas, comentários, mensagens etc. E é isso que faz a diferença!
  2. Foque em resultados: garanta que a equipe estendida consiga gerar resultados como ampliar as vendas e as conversões online, os pedidos de orçamento e o conhecimento da marca em sua região. Não adianta, por exemplo, ter 100 mil seguidores espalhados por todo o Brasil se a sua marca for local e tiver menos de 5% de seguidores de sua cidade. É melhor ter cem clientes fiéis e engajados do que 10 mil seguidores congelados.
  3. Exija agilidade e criatividade: os profissionais responsáveis por suas redes sociais vão precisar de certa liberdade para criar conteúdo com textos, imagens, vídeos, entre outros elementos. No começo, pode ser difícil compreender as ideias apresentadas – e isso é bom, pois mostra pessoas que pensam “fora da caixa”. Se os prazos estão sendo cumpridos e os resultados forem surgindo, a tendência é de que a credibilidade de sua marca aumente.
  4. gestao-de-midias-sociais-4Experiência em atendimento: reclamações de clientes são frequentes em mídias sociais. A equipe responsável por cuidar desses canais precisa ter profissionais com experiência em atendimento a clientes para contornar situações complexas. Boas agências têm planos de prevenção a esse risco, com respostas prontas para serem utilizadas sem gerar insatisfação.
  5. Emissão de relatórios: bons e maus resultados devem ser mensurados. Profissionais bem treinados solicitam e têm facilidade de lidar com números para comparar o retorno sobre o investimento que está sendo feito. Eles também fazem comparações proativas com o mercado. Relatórios de fácil compreensão são essenciais para avaliar a qualidade do investimento.
  6. Conhecimento da área de atuação: atualmente, um desafio é conseguir profissionais que compreendam sua audiência e seu nicho de mercado. Essa sinergia é importante para ter habilidade na produção de conteúdos e no relacionamento com o cliente. Preste atenção em experiências anteriores para perceber se a agência candidata a gerir suas redes sociais está alinhada ao que sua empresa faz e aumente as chances de construir uma relação de sucesso.

gestao-de-midias-sociais-7Por fim, também é necessário que você perceba aquela sensação de dor de dono dos especialistas em mídias sociais em relação à marca dos seus clientes. O profissional deve se preocupar com a reputação da marca tanto quanto você para conseguir aproveitar as redes sociais da melhor maneira possível. Além disso, procure não se distanciar de mais de quem for gerenciar seu perfil no Facebook, no Twitter, no Instagram depois que o trabalho estiver acontecendo. Como diz o ditado, “o olho do dono é que engorda o gado”.

Quando o melhor é internalizar a gestão das redes sociais

Caso você seja proprietário ou gestor de uma microempresa, microempreendedor ou autônomo, pode ser que não tenha muito capital para investir em uma agência. Isso não é desculpa, contudo, para fazer feio nas mídias sociais.

Primeiro, tenha em mente: você provavelmente não é especialista em marketing. É preciso jeito, prática e paciência, muita paciência até conseguir resultados que seriam mais rápidos com a ajuda de uma agência. Portanto, veja algumas dicas para gerir seus próprios perfis em redes sociais:

  • Tenha metas claras: considere objetivos como ampliar vendas, conversões, conseguir mais visitas no site ou na loja pessoal.
    • Neste artigo apresentamos uma metodologia de definição de metas que pode ser muito útil nesse processo. Não deixe de ler!
  • gestao-de-midias-sociais-5Nunca crie um perfil pessoal para sua marca no Facebook, crie uma página. Isso é uma regra a ser seguida.
  • Ao criar páginas no Twitter e/ou Facebook, considere a hipótese de pagar a um profissional para fazer a arte que irá aparecer na capa e na imagem principal da marca. Elas devem dialogar entre si.
  • Aprenda a acompanhar dados de crescimento e a relacionar as conversões de vendas com clientes que vieram de mídias sociais.
  • Saiba que é possível impulsionar posts em ferramentas como Twitter, Facebook e Instagram. Ao fazer isso, selecione o público certo e, acima de tudo, de sua região de atuação.
  • Não tem tempo para publicar constantemente? Agende postagens através de ferramentas gratuitas, como o Hootsuite.
  • Não faça apenas a divulgação de seus produtos. Usuários exigem conteúdos úteis, e você consegue isso relacionando seus produtos com o dia a dia. Use a criatividade para ir além das vendas.
    • Isso tem muito a ver com Marketing de Conteúdo. Este artigo tem boas dicas sobre isso!
  • gestao-de-midias-sociais-8Nunca deixe um comentário, positivo ou negativo, sem resposta – a menos que seja um insulto gratuito. E tenha cuidado com o teor da resposta, você não quer que seu cliente se sinta desrespeitado, quer?
  • Mantenha-se atento às ações da concorrência e monitore o comportamento dos usuários em sua página. O retorno – positivo ou negativo – de quem acompanha suas ações pode ser um excelente termômetro e um belo guia para a continuidade do seu trabalho nas redes sociais.
  • Faça pequenos cursos de gerenciamento de redes sociais e de internet. Você verá como seus conteúdos ficarão mais qualificados.

E aí, vai terceirizar ou internalizar?

–> Quer saber mais sobre gerenciamento de perfis de redes sociais para o varejo? Leia também:

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


5 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 6
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

5

comentários em "De quem deve ser a missão de gerenciar as redes sociais de sua empresa?"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo