Nossas Sugestões

Está na hora de vender pela internet!

Está na hora de vender pela internet!

Por Redação Blog Gazin Atacado • 26/12/16

O ano que está chegando ao fim não foi dos mais fáceis no Brasil. Muitos setores tiveram resultados ruins em 2016 e agora apostam todas as suas fichas em 2017 para voltar a crescer. Porém, se teve uma área que não sofreu tanto com a crise econômica e política enfrentada pelo país ao longo deste ano foi a do comércio eletrônico.

No primeiro semestre, as vendas online tiveram um aumento de faturamento de R$ 19,6 bilhões, o que representa um crescimento de 5,2% em relação ao mesmo período de 2015. Os dados, que estão no relatório 34º WebShoppers, elaborado pela consultoria Ebit, apenas reforçam o caminho para uma pequena empresa ganhar dinheiro na internet: um e-commerce bem estruturado.

Através de plataformas como a Parceiro Gazin, os pequenos negócios são os que mais atuam no segmento online, representando um total de 90% das empresas que vendem pela internet no país, segundo estudo do Sebrae. Destes, 45% são microempreendedores individuais.

como-vender-na-internet-5Outra boa notícia, de acordo com a pesquisa da Ebit, é o aumento de 7% no valor do tíquete médio das compras online, que atualmente é de R$ 403,46 por compra. Também houve manutenção dos registros de vendas de produtos de maior valor, como eletrodomésticos e telefonia.

Até o final do ano, a expectativa de vendas prevista pelo levantamento é de um faturamento de R$ 44,6 bilhões, crescimento de 8% ante 2015, com número de pedidos similar a 2015, passando a casa dos 105 milhões de solicitações.

faturamento-e-commerce-2016-ebit

Vender online pode ser fácil

Um dos motivos do crescimento é a facilidade de compra e a inclusão digital. Atualmente, há 23,1 milhões de consumidores virtuais frequentes no Brasil, e o crescimento das vendas ocorreu especialmente através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, pois a participacomo-vender-na-internet-2ção de negócios online através desses aparelhos supera os 20%.

Se de um lado é fácil comprar, do outro, também está cada vez mais fácil vender. Tome o Programa Parceiro Gazin como exemplo. Por meio dele, você sequer precisa ter um estoque enorme em sua loja, pois a Gazin fornece dados em tempo real de todo seu estoque na plataforma de comércio eletrônico dos empresários que aderem ao programa.

Esse sistema moderno apresentado pela Gazin funciona através do esquema Cross Docking, no qual o lojista vende online mesmo sem ter todos os itens à disposição imediatamente. Explicamos como funciona neste artigo. Ao se cadastrar em nosso programa, em menos de 48 horas a plataforma virtual estará ativa. Além disso:

  • como-vender-na-internet-3O sistema é adaptável às características de cada marca, com fácil personalização.
  • O empresário escolhe quais produtos quer vender em sua loja virtual.
  • O consumidor fecha o pedido pelo site e o pagamento é direcionado à loja.
  • O vendedor faz uma solicitação de produtos vendidos para a Gazin, que separa o produto e faz o faturamento para sua loja.
  • Por último, o empreendedor envia o item ao consumidor.

Os vídeos abaixo deixam o programa mais claro. Assista!

Segundo o CEO da Ebit, Pedro Guasti, diversos fatores influenciaram o crescimento do e-commerce este ano, com destaque para as vantagens que a compra online oferece, já que, segundo ele, elas também são motivo de atração aos consumidores que desejam fazer uma compra mais qualificada pagando menos.

Entre essas vantagens estão os preços geralmente mais baixos que os pagos ao lojista – uma vez que a venda online dispensa uma série de fatores, como as despesas de uma loja física – e a compra através de sites focados em vendas, como o Mercado Livre, marketplace que, inclusive, está integrado ao Programa Parceiro Gazin.

Leia também:

7 fatores que influenciam a compra na internet

Planejamento e informação para e-commerce

Se você está pensando em aderir ao varejo virtual para aproveitar este bom momento, além de falar com nossos consultores, busque informação. Por exemplo, veja abaixo quais são os produtos que mais foram vendidos pela internet no primeiro semestre deste ano:

produtos-mais-vendidos-ecommerce

Apesar de livros, revistas e apostilas terem maior volume de vendas, os objetos mais comprados por brasileiros pela web foram, nesta ordem de preferência:

  • Celular/smartphone (26%);
  • Produtos e acessórios de moda feminina (19%);
  • Produtos e acessórios de moda masculina (15%);
  • Perfume (12%);
  • Esporte e Lazer em geral (11%).

Leia também

Como vender diferentes modelos de celular

Dicas para vender fogões em sua loja

Guia do e-commerce para o pequeno varejista e mais!

Bons motivos para investir em sua loja virtual em 2017 não faltam, não é mesmo? Caso você resolva aceitar esse desafio, há muito conteúdo aqui no Blog do Varejo que pode ajudá-lo a conseguir bons resultados nesse novo canal de venda.

Para começar, assista ao vídeo abaixo:

Depois, baixe nosso Guia do e-commerce para o pequeno varejista. Ele é gratuito e apresenta as diferenças entre os conceitos multicanal e omnichannel, revela como administrar melhor lojas físicas e virtuais, dá dicas de marketing, lista erros no e-commerce que você deve evitar e muito mais. Com todo essa ajuda, vender pela internet ficará mais fácil. E no fim do ano que vem, você vai poder comemorar o crescimento nas vendas e o faturamento em nível recorde. O que acha?

Acesse aqui o Guia do e-commerce para o pequeno varejista e aproveite!

e-commerce-para-pequeno-varejista

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


0 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 2
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

0

comentários em "Está na hora de vender pela internet!"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo