Nossas Sugestões

A-commerce: a evolução da automação no varejo

A-commerce: a evolução da automação no varejo

Por Redação Blog Gazin Atacado • 22/07/18

Pode anotar: cada vez mais seus consumidores utilizarão ferramentas de automação ao longo da jornada de compra. “Culpa” do a-commerce (automated commerce – ou “comércio automático”, em tradução livre).

Quer aprender mais sobre essa importante transformação no varejo? Siga a leitura deste artigo! A seguir, revelaremos como o a-commerce deve se fortalecer nos próximos anos e indicamos de que maneira sua loja pode acompanhar essa tendência.

Vamos lá?

O futuro do varejo

Você está acompanhando nossa série sobre o futuro do varejo? Baseados nos estudos da Trendwatching, uma das principais empresas de análise de tendências do mundo, os artigos desta série têm o objetivo de apresentar tendências importantes que devem impactar o relacionamento entre lojas e consumidores. Até aqui, já falamos sobre:

1) Ponto de venda mágico. Promover experiências de compra marcantes, onde quer que o cliente esteja.

2) Deep retail. Quando as lojas conhecem os clientes melhor do que eles mesmos.

3) Cultura interna como marca. A forma como a empresa trata os funcionários e se relaciona com sua comunidade pesa na decisão do consumidor.

Hoje, apresentamos outra tendência que deve impactar diretamente o dia a dia do varejo. Estamos falando do a-commerce.

A-commerce – processos de compra automatizados

a-commerce

A automação nos processos do varejo já vem revolucionando o mercado mercado. Sistemas como ERP, CRM e plataformas de análises de dados vêm agilizando os processos do varejo e aumentando a eficiência das lojas.

O próximo passo dessa transformação encontra-se na tendência a-commerce (automated commerce – ou “comércio automático”, em tradução livre).

O que é o a-commerce

O a-commerce é uma tendência que indica que os clientes buscarão cada vez mais conveniência, praticidade e personalização na hora de comprar.
De acordo com a análise do Trendwatching, nos próximos anos veremos impactos diretos na interação entre os consumidores e as marcas por conta de tecnologias de automação – especialmente no varejo.

a-commerce

A questão central dessa tendência gira em torno do contexto. Para aplicar estratégias de a-commerce com excelência é preciso entender o momento e o lugar em que o cliente se encontra para oferecer uma automação alinhada ao que ele precisa naquele contexto.

A tendência é que os consumidores passem a terceirizar determinadas etapas da jornada de compra utilizando sistemas inteligentes que podem, automaticamente, realizar tarefas como pesquisar, negociar e até comprar, pagar e configurar a entrega do produto ou serviço.

A-commerce na prática

Chatbot do ShopFácil.com

a-commerce

Os chatbots são sistemas que utilizam a interface conversacional, um tipo de tecnologia que permite que um humano e um computador interajam como em um diálogo. Os chatbots são configurados para enviar uma resposta ou comando automático de acordo com uma solicitação de um cliente.

A grande sacada dessa plataforma é que o consumidor não precisa acessar o site do estabelecimento ou baixar um aplicativo específico para “conversar” com o chatbot. Ele pode usar canais de comunicação que já utiliza no dia a dia – tais como Facebook Messenger ou WhatsApp, por exemplo.

O chatbot do ShopFácil.com é um ótimo exemplo de a-commerce porque ele ajuda o consumidor utilizando tecnologias como inteligência artificial e big data para automatizar o processo de pesquisa e compra de produtos – tudo isso por meio do aplicativo de mensagem do Facebook.

Veja como funciona:

Mercado autônomo

Além de revolucionar o processo de compra no ambiente digital, por meio de aplicativos inteligentes como este do ShopFácil.com, o a-commerce também promete trazer a praticidade e rapidez das vendas online para a experiência de compra na loja física.

a-commerce

Zaitt – mercado autônomo

É o caso da Amazon Go (loja física da Amazon), onde a leitura e o pagamento dos produtos são realizados por meio de dispositivos móveis, usando tecnologias avançadas como inteligência artificial e visão computacional.

Saiba mais! Amazon Go e o varejo centrado no mobile

E já existe no Brasil um projeto parecido: é o Zaitt, um mercado autônomo.

Assim como na Amazon Go, no Zaitt o cliente realiza a compra de forma automática por meio de um aplicativo da loja, que lê os itens e realiza o pagamento.

Como acompanhar a tendência de a-commerce 

Como mostram os exemplos acima, o a-commerce já é realidade no varejo brasileiro. E deve se popularizar ainda mais nos próximos anos!

E não é uma transformação que deve impactar apenas empresas grandes. Pequenos e médios lojistas precisam estar por dentro dessa tendência. Afinal, mais cedo ou mais tarde ela também impactará seus negócios, e ao conhecê-la (e entendê-la), você consegue começar a se preparar para quando a mudança acontecer também no seu dia a dia.

a-commerce

As dicas abaixo podem ajudá-lo a começar hoje mesmo a seguir essa tendência. Tome nota!

  • Comece com o que você tem disponível hoje para automatizar os processos de compra de seus clientes.
    Os 
    dados dos clientes no CRM, por exemplo, podem ajudar a tornar o cadastro mais dinâmico e rápido.
  • Fique de olho na popularização de ferramentas importantes para a evolução da automação das vendas.
    Um exemplo disso são os 
    chatbots – já existem plataformas para desenvolvimento dessas ferramentas dentro do Facebook.
  • Pense em maneiras de incluir plataformas digitais na loja física para melhorar a experiência de compra.
    Os 
    beacons, dispositivos que se comunicam com os aparelhos móveis dentro da loja, são um exemplo nesse sentido.
  • Além disso, se você só possui loja física, oferecer a possibilidade de o cliente comprar na internet pode ser um primeiro e importante passo no caminho para oferecer processos mais automatizados de compra.
    O programa 
    Parceiro Gazin pode ajudá-lo nesta missão.

Artigos que o ajudarão a entender melhor a tendência de a-commerce:

a-commerce

Muitas informações para estudar e absorver, não é mesmo?

Esperamos que este conteúdo o ajude a ficar por dentro dessa importante transformação do mercado, preparando o seu negócio para o futuro que está cada vez mais próximo!

Tem interesse em aprender mais sobre tendências e quer compartilhar as suas visões sobre esses temas? Participe da nossa pesquisa sobre tendências no pequeno e médio varejo nacional! bit.ly/pesquisa-varejo-nacional

Sucesso e boas vendas. Hoje, amanhã e sempre!

Imagens: Divulgação (Zaitt); FreepikBigstock

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


2 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 10
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

2

comentários em "A-commerce: a evolução da automação no varejo"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo