Nossas Sugestões

Tendências para o mercado de viagens corporativas em 2019

Tendências para o mercado de viagens corporativas em 2019

Por Redação Blog Gazin Atacado • 6/02/19

O mercado de viagens corporativas é importantíssimo para empresas de hospedagem brasileiras. Segundo dados do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (Fohb), as viagens de negócios representam 55,5% das vendas hoteleiras efetuadas no país.

Seu hotel ou pousada está aproveitando todo o potencial deste segmento?

Para ajudá-lo a entender melhor o mercado de viagens corporativas, revelamos a seguir algumas das principais movimentações deste setor*Leia e saiba como acompanhar essas tendências. Assim, ficará mais fácil atrair e conquistar os viajantes corporativos da atualidade.

Tendências para o mercado de viagens corporativas em 2019

viagens corporativas

Verdade seja dita: os viajantes corporativos não querem apenas um quarto para descansar entre uma reunião e outra! Aliás, pelo contrário. Cada vez mais, eles exigem serviços personalizados, direcionados às suas necessidades específicas e que ajudem a dar mais agilidade e conveniência à viagem.

– Neste sentido, a grande pergunta do momento é esta:
A estrutura e os serviços do seu estabelecimento estão alinhados às demandas dos viajantes corporativos atuais?

Não tem certeza? Então, siga a leitura deste artigo, saiba o que esperar do mercado de viagens corporativas em 2019 e confira outros artigos que trazem informações e dicas importantes para você entender melhor tudo isso e acompanhar essas tendências.

Vamos lá?

1 – Fortalecimento da economia do compartilhamento

viagens corporativas

De acordo com estimativas da Boston Consulting Group, até 2020, os millennials serão responsáveis por 50% dos gastos com viagens de negócios.

O que isso significa para o mercado?

Com isso, é de se esperar que essa nova geração de viajantes corporativos traga novos hábitos, preferências e expectativas em relação aos serviços de viagem.

Uma das mudanças mais significativas pode ser percebida na adoção cada vez maior de serviços de empresas que fazem parte da economia do compartilhamento – tais como a Airbnb e a Uber.

Em 2019, essa tendência deve se fortalecer, e já é possível perceber uma movimentação dessas organizações para atender a demanda corporativa.

O Airbnb, por exemplo, lançou o Airbnb Business. Por meio deste serviço, a plataforma oferece residências pensadas para esse perfil de viajantes. Ou seja, com espaços exclusivos para reuniões e serviços para gestores controlarem os gastos dos funcionários durante a viagem. Bacana, não?

– Seu estabelecimento está preparado para concorrer com esses negócios e para atender às demandas dos novos viajantes?

Aprenda mais!

→ Lições do Airbnb Business: como atrair hóspedes em viagens corporativas
→ O que os viajantes millennials buscam e como atraí-los e fidelizá-los
→ Como atrair e fidelizar hóspedes da geração Y
Os viajantes da geração Z estão moldando o futuro do mercado de turismo

2 – A trabalho ou a lazer? Os dois!

viagens corporativas

Bleisure – a mistura de viagens corporativas com atividades de lazer – deve se tornar cada vez mais comum em 2019.

Entre os viajantes nacionais, aliás, essa é uma tendência muito forte!

Um levantamento realizado pelo software de reservas Amadeus apontou que, entre os viajantes corporativos do Brasil, Argentina, México e Colômbia, os brasileiros são os que mais aproveitam viagens de trabalho para fazer turismo.

97% dos viajantes corporativos brasileiros que participaram do estudo disseram que realizam ao menos uma ação turística durante viagens de negócios. Isso inclui ir a um museu, fazer compras ou viajar para outros lugares próximos.

Então, pode apostar: o bleisure deve se tornar um padrão cada vez mais comum entre os viajantes a trabalho.

Neste sentido, muitas pesquisas já apontam, por exemplo, que os profissionais veem o fato de a empresa oferecer a possibilidade de eles terem atividades de lazer durante as viagens corporativas como um diferencial e um benefício importante do emprego.

– Resta ao seu estabelecimento se preparar para isso. Na prática, significa criar ações e serviços para ajudar os profissionais que estão viajando a curtirem atividades de turismo e lazer na sua região. Como seu negócio tem atuado nesse sentido?

Aprenda mais!

→ Bleisure – o que é essa tendência e como aproveitá-la em seu hotel
→ Infográfico: Como explorar a tendência bleisure na hotelaria
→ Como transformar viajantes a trabalho em viajantes bleisure

3 – Programas de fidelidade: menos pontos e mais personalização

viagens corporativas

Por muito tempo as empresas de turismo e viagens usaram o acúmulo de pontos no programa de fidelidade como uma das únicas formas de atrair e fidelizar viajantes corporativos. Mas isso já não é o suficiente para conquistar a lealdade desse público.

É claro que receber benefícios em troca da fidelidade ainda é um atrativo e tanto para os viajantes, mas o que mudou foi o tipo de recompensa que eles esperam ganhar.

Em vez de obter pontos que dão direito a premiações genéricas, os profissionais em viagem esperam ter acesso a serviços personalizados. Ou seja, coisas que ajudem a tornar a experiência da viagem mais conveniente, agradável e alinhada às suas preferências individuais.

Desde a reserva até o check-out, nossas pesquisas confirmam que a personalização é altamente valiosa para os viajantes corporativos, com muitos buscando experiências personalizadas adaptadas às suas necessidades específicas de viagens de negócios.
Jessica Collison, diretora de pesquisa da Global Business Travel Association.

– Então, você já parou para avaliar as recompensas oferecidos pelo seu programa de fidelidade? Elas estão alinhadas às expectativas e preferências dos viajantes corporativos da atualidade?

Aprenda mais!

→ Como montar um programa de fidelidade para seu hotel ou pousada
→ Tipos de programas de fidelidade e como escolher o melhor modelo
→ Tendências para programas de fidelidade na hotelaria
→ O que os viajantes esperam dos programas de fidelidade na hotelaria
→ Como seu hotel ou pousada pode ganhar a lealdade dos viajantes frequentes

Esperamos que essas informações o ajudem a alinhar seus serviços às demandas e expectativas dos viajantes corporativos da atualidade!

Mas ainda não acabou…

No segundo artigo sobre as movimentações do mercado de viagens a negócios, apresentamos as principais tendências na gestão dessas viagens e mostramos de que forma elas afetam as operações do seu estabelecimento.

⇒ CLIQUE AQUI e confira!

Veja também outras dicas e informações sobre o mercado de viagens corporativas:

→ Como aproveitar o turismo corporativo para movimentar o seu hotel ou pousada
→ Como aproveitar o crescimento do turismo corporativo Brasil
→ 4 tipos de viajantes corporativos que você precisa conhecer
→ Tendências do mercado de viagens corporativas
→ Você sabe o que o viajante corporativo espera dos hotéis? Está na hora de descobrir!
→ Serviços especiais para atrair viajantes a trabalho
→ Serviços extras para viajantes a trabalho
→ Como funciona o gerenciamento de viagens nas empresas

*Informações: Skift   | Imagens: Rawpixel; Airbnb Divulgação

Quer mais novidades Gazin Atacado? Curta nossa página!


2 | Deixe seu comentário
Recomende este post: 5
Compartilhe:

Fique atualizado com o mercado.
Receba os artigos do Blog do Varejo por E-mail.

Temas relacionados

Post Relacionados

2

comentários em "Tendências para o mercado de viagens corporativas em 2019"

Comentar

Em destaque no Blog do Varejo